Questão comentada sobre cinema, da UECE

(UECE/2020) Atente para o seguinte excerto, em que o autor, discutindo a significação social do filme, identifica a liquidação do valor da tradição e a deterioração do que chama de aura, característica das obras de arte do passado:

“… a técnica reprodutiva desliga o reproduzido do campo da tradição. Ao multiplicar a reprodução, ela substitui sua existência única por uma existência massiva. E, na medida em que ela permite à reprodução ir ao encontro do espectador em sua situação particular, atualiza o reproduzido. Ambos os processos levam a um abalo violento do que é transmitido – um abalo da tradição, que é o outro lado da crise e da renovação atuais da humanidade. Ambos se põem em uma relação íntima com os movimentos de massa de nossos tempos. Seu agente mais poderoso é o cinema“.

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. L & PM Editores. Edição do Kindle. Paginação irregular.

Considerando o trecho acima e o que diz Benjamin em seu mais famoso texto, é correto afirmar que

A) no que se refere ao processo de criação artística, há uma mudança substancial com o desenvolvimento das modernas técnicas de produção; a novidade é a popularização das obras de arte do passado e seu oferecimento às massas sedentas por cultura.
B) a produção artística do passado e a produção e reprodução técnica do mundo contemporâneo, embora substancialmente distintas, preservam o conceito grego de mimesis – representação – em sua inteireza; a diferença estaria no caráter massificador das obras de arte contemporâneas.
C) para Benjamin, a sala de cinema pode ser vista como a representação atualizada do conhecido mito da caverna, de Platão. O cinema e sua imensa capacidade técnica teriam transformado o processo de ilusão e aparência muito mais convincentes.
D) o cinema, por ser uma arte dependente da técnica, representa uma forma de arte sui generis, oposta à arte tradicional: se a obra de arte da tradição é imitação, cópia da realidade, o cinema é ele mesmo uma nova realidade em si, autônoma e independente, que cria uma segunda realidade.

RESOLUÇÃO:
De acordo com Walter Benjamin, o cinema é um produto oposto à arte tradicional; como aparece na alternativa D, o cinema é “uma nova realidade em si, autônoma e independente“.
Veja o trecho abaixo, que traz a ideia de cinema segundo Walter Benjamin:
Nas obras cinematográficas, a reprodutibilidade técnica do produto não é, como no caso da literatura ou da pintura, uma condição externa para sua difusão maciça. A reprodutibilidade técnica do filme tem seu fundamento imediato na técnica de sua produção. Esta não apenas permite, da forma mais imediata, a difusão em massa da obra cinematográfica, como a torna obrigatória. A difusão se torna obrigatória, porque a produção de um filme é tão cara que um consumidor que poderia, por exemplo, pagar um quadro, não pode mais pagar um filme. O filme é uma criação da coletividade” (Benjamin, 1994, 172).
Resp.: D

VEJA TAMBÉM:
Questão resolvida sobre Cinema Novo, da FGV 2011

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.