Questão resolvida sobre Cinema Novo, da FGV

(FGV/2011) Na mesma época da Bossa Nova na música, surgia o Cinema Novo. Entre 1960 e 1962, um grupo de jovens cineastas, entre eles Glauber Rocha, Arnaldo Jabor, Ruy Guerra, além do veterano Nelson Pereira dos Santos, preconizava a necessidade de um cinema ousado, em forma e conteúdo (…)
(Marcos Napolitano. Cultura brasileira: utopia e massificação (1950-1980), 2001.)

Sobre essa ousadia “em forma e conteúdo”, é correto afirmar que o Cinema Novo

A) trabalhava com paródias de superproduções do cinema europeu e usava de referências carnavalescas para
representar o gosto popular pelos melodramas.
B) defendia um cinema de autor, com a utilização de um cenário natural, mostrando a realidade brasileira marcada por relações sociais conflituosas.
C) negava destaque aos problemas contemporâneos e tinha como temática a recuperação de um passado mítico brasileiro, sob uma estética futurista.
D) seguia os padrões hollywoodianos quanto à temática do progresso e recebia decisivo apoio financeiro da Ancine — Agência Nacional do Cinema.
E) reconhecia, na harmonia social e racial brasileira, o elemento básico para a compreensão da realidade econômica do país.

RESOLUÇÃO:
O Cinema Novo contou com artistas já conhecidos nacionalmente e até internacionalmente (como Maria Bethânia, Geraldo Vandré, Nara Leão…) e os diretores buscavam um mundo mais justo; tinham como lema “uma ideia na cabeça e uma câmera na mão (usavam a câmera como instrumento acelerador de transformações revolucionárias).
O Cinema Novo foi extinto pelos militares, em 1964 (os artistas foram considerados esquerdistas, comunistas, ameaçadores da paz social…).
Resp.: B

VEJA TAMBÉM:
Questão comentada sobre artes, da Unesp 2016-2

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.