INSS: 14º salário sai ou não sai esse ano?

Uma dúvida que vem aparecendo muito é, será que sai ou não esse 14º salário? Os aposentados e pensionistas receberam esse ano no primeiro semestre a gratificação extra do 13º salário como uma medida para ajudar no enfrentamento do covid-19.

Sabemos que o ano já está quase acabando afinal estamos em novembro, será que esse beneficio tem a chance de sair ainda esse ano, quais as chances? O desejo do povo e dos comerciantes é que esse 14º salário saia ainda esse ano. Mas até mesmo quem assumiu esse projeto de lei o senador Paulo Paim sugere que possa sair, porém pode ocorrer de ser apenas no ano que vem.

O ano está chegando ao fim e muitos usam esse dinheiro que receberiam do 13º que já foi antecipado no primeiro semestre de 2020 para gastar com o comércio, o que vem preocupando a muitos comerciantes. Paulo Paim estima que esse salário poderia ajudar a economia de nosso país em até 42 bilhões de reais.

Não seria só os comerciantes que seriam ajudados com a saída desse salário, muitos usam o 13º salário para o pagamento de impostos como IPTU e IPVA.

Ano que vem o 13º salário também receberá a antecipação. O pagamento da primeira parcela ocorrerá logo nos cinco últimos dias de agosto e a segunda parcela ocorrerá nos primeiros cinco dias úteis do mês de dezembro .

Ainda existe a chance do 14º salário sair esse ano?

Essas são palavras de Paulo Paim sobre o colégio de líderes:

“Falei com o líder do PT no Senado, senador Rogério Carvalho, ele disse que só há possibilidade de pautar no Colégio de Líderes a partir do dia 15 de novembro.”

Para o projeto passar a ser colocado em prática primeiro ele precisa passar por alguns processos como ser aprovado pelo senado federal, a câmara de deputados, para que por fim seja sancionada pelo nosso presidente, Bolsonaro.

Paim acredita que esse ano será aprovado apenas se houver bastante pressão popular. Caso não aconteça é provável que o projeto não venha a ser aprovado esse ano.

Mas existe um problema em toda essa questão o texto diz que o pagamento seria válido apenas para o ano de 2020 para que auxiliasse nos problemas que a pandemia vem causando ao povo.

Agora Paulo Paim diz que poderá tentar aprovar para 2021, ajustando a data e com razão pois, mesmo que o ano acabe em dezembro a pandemia causou diversos problemas e ano que vem os problemas financeiros continuam.

Tudo isso começou no comecinho de junho onde o advogado Sandro Gonçalves fez a proposta do pagamento do 14º salário e mais de 43 mil assinantes apoiaram a ideia, e enfim acabou sendo abraçada e apoiada pelo Senador Paulo Paim que a transformou no que hoje é o projeto de lei.

Não podemos ter a certeza que o 14º salário sairá ou não esse ano, mas podemos ver que pessoas como Paulo Paim está indo a favor para que esse salário saia.

O Governo tem recurso suficiente para pagar esses 42 bilhões?

Caso venha a ser aprovado, o governo terá de desembolsar o valor de 42 bilhões para pagar aos aposentados, pensionistas e aos assegurados.

Pode parecer muito dinheiro, pois realmente é, mas para a gente ter só uma ideia com o auxilio emergencial já foi gasto mais de 212 bilhões de reais, o que dá um valor cinco vezes maior que o governo teria que desembolsar para o 14º salário.

Grande parte desse valor que seria destinado aos favorecidos pelo INSS voltaria. Hoje cerca de 64% dos municípios dependem da renda de beneficiários. Até o próprio Paim já confirmou que esse 14º salário geraria mais impostos, mais empregos e melhoraria a qualidade de vida pois viria a movimentar a economia.

Não temos como saber se o governo tem esse dinheiro mas o que podemos ver é que valor é uma parcela do que já foi gasto com o auxilio.

Como saber se você poderá receber esse salário caso venha a ser aprovado? Abaixo listamos as pessoas que irão receber caso seja realmente aprovado o 14º salário pelo governo.

Quem poderá receber o 14º salário

  • Segurado que recebe auxílio-doença;
  • Aposentados;
  • Segurado que recebe auxílio-reclusão;
  • Pensionistas;
  • Segurado que recebe auxílio-acidente.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.