Questão comentada: permeabilidade da membrana plasmática.

Questão comentada: permeabilidade da membrana plasmática.
Avalie esta postagem

(UCS/2017) A membrana plasmática é uma estrutura importante na delimitação dos limites celulares. Os fosfolipídios que compõem a membrana plasmática
possuem uma estrutura característica que, além de delimitar o espaço celular,
também fundamental para determinar a “permeabilidade seletiva” a diferentes
substâncias químicas.
Em relação à membrana plasmática e à sua característica de permeabilidade
seletiva, é correto afirmar que
A) ela se refere à capacidade de ser permeável aos íons, mas não permitir a
passagem de gases.
B) as moléculas de fosfolipídios são hidrofílicas, ou seja, pouco solúveis na
água, o que a faz ser impermeável à água.
C) os fosfolipídios são moléculas polares, ou seja, solúveis na água, permitindo
que a água a atravesse livremente em todas as células do corpo humano.
D) ela possui a capacidade de deixar passar substâncias grandes, como a
glicose, sem a necessidade de um transportador específico.
E) as moléculas de fosfolipídios são anfipáticas, ou seja, apresentam na
mesma molécula uma porção hidrofóbica e uma porção hidrofílica.

Resolução:
A membrana plasmática é constituída basicamente por uma dupla camada de fosfolipídios onde encontram-se imersas moléculas de proteínas (composição lipoproteica).
Trata-se de uma membrana com permeabilidade seletiva, permitindo a passagem de água, íons (Na+, Cl, K+, Ca2+…), glicose (com auxílio de moléculas transportadoras), gases e outras substâncias.
As moléculas de fosfolipídios são anfifílicas (ou anfipáticas), isto é, possuem uma extremidade polar (hidrofílica = com afinidade pela água) e uma cauda apolar (hidrofóbica).
Resp.: E

Veja também:
Questão comentada sobre membrana plasmática, da Multivix 2015.

0 comments… add one

Leave a Comment