Enem 2020: INEP divulgou resultado e a redação registrou mais de 80.000 notas zero

O INEP divulgou o resultado do Enem 2020, que contou com provas impressas e digitais e registrou alto índice de abstenção.

A edição de 2020 contou com mais de 1.600 cidades e mais de 200.000 locais de provas, que foram aplicadas nas diversas regiões brasileiras.

Resultado Enem 2020

Os inscritos no Enem 2020 podem consultar as notas do Exame, por meio da página do participante. Será necessário o CPF do candidato e a senha cadastrada no momento da inscrição.

Candidatos Enem 2020

  • Enem 2020 Impresso:  5.523.036 candidatos inscritos;
  • Enem 2020 Digital: 93.079 candidatos inscritos.

Enem Impresso 2020

  • Candidatos presentes 2.670.505;
  • Candidatos Ausentes 2.851.531.

Enem Digital 2020

  • Candidatos presentes: 29.301;
  • Candidatos ausentes: 63.778

Enem PPL 2020

  • Candidatos Inscritos: 41.864;
  • Candidatos presentes: 31.034;
  • Candidatos ausentes 10.830.

Replicação Enem 2020

  • Candidatos inscritos: 235.203;
  • Candidatos presentes: 65.138;
  • Candidatos ausentes: 170.066

Perfil dos candidatos

De acordo com o INEP, está abaixo o perfil dos candidatos:

  • Egressos: 1.540.413
  • Concluintes: 862.804
  • Treineiros: 392.761

Atendimentos Especializados

As provas do Enem oferecem diversos recursos e estão discriminados abaixo o total de candidatos atendidos:

  • Atendimentos Especializados: 50.688
  • Recursos de acessibilidade: 70.702
  • Atendimento pelo Nome Social: 381

Redação Enem 2020

Ainda conforme o INEP 87.567 candidatos zeraram a redação do exame, e os motivos estão abaixo relacionados:

  • Fuga ao tema: 0.93%;
  • Cópia do texto motivador: 0,46%;
  • Texto insuficiente: 0,19%;
  • Não atendimento ao tipo textual: 0,17%;
  • Parte desconectada: 0,17%;
  • Redação em branco: 1,12%
  • Outros motivos: 0,17%

Resultados por área do conhecimento

  • Linguagens, códigos e suas tecnologias:
    • Proficiência máxima 801,1
    • Proficiência média: 523,98
    • Proficiência mínima: 288,7
  • Matemática e suas tecnologias
    • Proficiência máxima 975,0
    • Proficiência média: 520,3
    • Proficiência mínima: 327,1
  • Ciências Humanas e suas tecnologias
    • Proficiência máxima 862,6
    • Proficiência média: 511,64
    • Proficiência mínima: 313,7
  • Ciências Humanas e suas tecnologias
    • Proficiência máxima 854,8
    • Proficiência média: 490,39
    • Proficiência mínima: 323,8
  • Redação
    • Proficiência 588,74
    • Nota máxima: 28 candidatos
    • Nota zero: 87.567 candidatos

Para que servem as notas do Enem 2020?

Com as notas publicadas, os estudantes podem calcular a média do Enem para analisarem chance de aprovação em programas de acesso ao ensino superior do Ministério da Educação (MEC), em vestibulares e até estudar em Instituições Portuguesas.

Programas de acesso ao ensino superior por meio das notas do Enem:

SiSU

A primeira oportunidade para tentar ingressar em instituições de ensino públicas é o Sistema de Seleção Unificada (SiSU). O prazo de inscrições para a primeira edição de 2021 será de 6 a 9 de abril.

No total, o SiSU 2021/1 são oferecidas 209.190 vagas em 5.685 mil cursos de graduação em 110 instituições públicas. O resultado do SiSU deve sair no dia 13 de abril. Já o prazo para manifestar interesse na lista de espera será de 13 a 19 de abril.

ProUni e Fies

Há outras opções para ingressar no ensino superior por meio das notas do Enem 2020. Veja abaixo as opções:

  • ProUni: o Programa Universidade para Todos oferece bolsas de estudo em instituições particulares. É necessário ter feito o Enem 2020 e comprovar renda.
  • Fies: o Fundo de Financiamento Estudantil disponibiliza financiamentos em universidades particulares. Os interessados devem ter feito o Enem desde 2010 e ter notas acima de 450 pontos. Também é necessário comprovar renda.

As edições do primeiro semestre do ProUni e Fies 2021 já foram realizadas, pois as faculdades particulares não poderiam esperar as notas do Enem 2020. As seleções foram com as notas do Enem 2019 e edições anteriores.

O MEC realizará novos processos seletivos do Fies e ProUni antes do segundo semestre, e os estudantes poderão usar as notas do Enem 2020.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.