Questão resolvida sobre a filosofia de Platão, da UEL 2020

(UEL/2020) Leia o texto a seguir.
Quando o artista [demiurgo] trabalha em sua obra, a vista dirigida para o que sempre se conserva igual a si mesmo, e lhe transmite a forma e a virtude desse modelo, é natural que seja belo tudo o que ele realiza. Porém, se ele se fixa no que devém e toma como modelo algo sujeito ao nascimento, nada belo poderá criar. [. . . ] Ora, se este mundo é belo e for bom seu construtor, sem dúvida nenhuma este fixará a vista no modelo eterno.
PLATÃO. Timeu. 28 a7-10; 29 a2-3. Trad. Carlos A. Nunes. Belém: UFPA, 1977. p. 46-47.

Com base no texto e nos conhecimentos sobre a filosofia de Platão, assinale a alternativa correta.
A) O mundo é belo porque imita os modelos sensíveis, nos quais o demiurgo se inspira ao gerar o mundo.
B) O sensível, ou o mundo que devém, é o modelo no qual o artista se inspira para criar o que permanece.
C) O artífice do mundo, por ser bom, cria uma obra plenamente bela, que é a realidade percebida pelos sentidos.
D) O olhar do demiurgo deve se dirigir ao que permanece, pois este é o modelo a ser inserido na realidade sensível.
E) O demiurgo deve observar as perfeições no mundo sensível para poder reproduzi-las em sua obra.

RESOLUÇÃO (COMENTÁRIOS DA BANCA ELABORADORA DE PROVAS DA UEL):
A)Incorreta. O mundo é belo porque imita a realidade que nunca muda, das essências ou ideias, que são os modelos em que o demiurgo se inspira para criar a realidade sensível, o mundo que percebemos pelos sentidos.
B) Incorreta. O sensível, o que devém ou se transforma, é que é criado pelo demiurgo (artista) com base na perfeição das Ideias.
C) Incorreta. O artífice (demiurgo) é bom e cria a realidade sensível que, contudo, não é plenamente bela por ser imitação ou cópia das Ideias, estas sim, plenamente belas, perfeitas.
D) Correta. O demiurgo observa a realidade permanente, perfeita e fabrica a realidade sensível, inserindo um pouco da beleza e perfeição desse modelo, mas que nunca é absoluta, pois o mundo dos sentidos é cópia, imitação do perfeito.
E) Incorreta. O mundo sensível não contém a perfeição e é criado pelo demiurgo que observa o mundo perfeito das Ideias ou Formas e insere parte dessa perfeição na realidade sensível, que é, portanto, cópia, imitação desse modelo
perfeito e belo.
Resp.: D

VEJA TAMBÉM:
Questão resolvida sobre Platão, da UEL 2010
Questão resolvida sobre Platão, do Enem 2014

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.