Revalida 2020: Documentos de Identificação para o dia das provas

A primeira etapa do Revalida 2020 será aplicada no dia 6 de dezembro de 2020 e os locais de provas serão liberados no dia 23 de novembro.

Documentos para Identificação do participante no dia das provas do Revalida 2020

Conforme edital, estão abaixo os documentos de identificação do participante:

  • Cédulas de Identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;
  • Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados, em consonância com a Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997;
  • Carteira de Registro Nacional Migratório, de que trata a Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017;
  • Documento Provisório de Registro Nacional Migratório, de que trata o Decreto nº 9.277, de 5 de fevereiro de 2018;
  • Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;
  • Passaporte;
  • Carteira Nacional de Habilitação, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social impressa e expedida após 27 de janeiro de 1997.

Se o candidato não tiver um dos documentos acimas por motivo de roubo ou perda poderá fazer as provas, desde que:

  • Apresente o boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias da aplicação do Exame;
  • Submeta-se à identificação especial, que compreende a coleta de informações pessoais.
  • O participante que apresentar a via original do documento oficial de identificação danificado, ilegível, com fisionomia diferente que não permita a completa identificação dos seus caracteres essenciais ou de sua assinatura poderá realizar as provas desde que se submeta à identificação especial.

Demais informações poderão ser conferidas no Edital do Revalida 2020.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.