App FGTS: como baixar e usar

O Governo Federal, nos últimos anos, passou por um momento de virtualização das suas atividades, criando ferramentas online para otimizar os serviços e atividades públicas.

No momento de planejar essas ferramentas, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço não ficou de fora e ganhou um aplicativo exclusivo para si: trata-se do app FGTS, disponível para download gratuito nas lojas oficiais do Google.

A tecnologia é de extrema importância, uma vez que coloca na palma da mão do titular da conta todas as informações e mecanismos necessários para administração do saldo acumulado.

Inicialmente, é preciso baixar o aplicativo. Para tanto, basta entrar no Google Play, se o download for realizado num celular com sistema operacional Android, ou App Store, se o download for realizado num celular com sistema operacional iOS.

Realizado o download, deve-se clicar no ícone do aplicativo, que trará uma mensagem de boas vindas e possibilitará o login. Deverá ser inserido o número de CPF do titular da conta, a senha do aplicativo e marcada a opção de segurança informando não ser um robô.

Em seguida, serão feitas perguntas de segurança, como a cidade de nascimento e o nome do empregador. Por fim, aparecerá o termo de serviços do aplicativo, com o qual o usuário deverá concordar. Cabe destacar que, caso se trate do primeiro acesso, será necessário realizar o procedimento de criação de senha.

Realizado o login, logo na interface inicial do app é apresentado o saldo total acumulado na conta. Clicando no valor, é possível observar o extrato detalhado e atualizado da conta, com a enumeração de todos os depósitos e créditos decorrentes de rendimentos da quantia, com a indicação das datas em que as respectivas operações ocorreram.

O titular ainda poderá clicar em “gerar extrato em PDF”, que irá gerar um documento formal com todos os depósitos realizados na conta, ou “dados do contrato”, quando ter-se-á acesso a informações como data de admissão, número do PIS/PASEP, o número da conta e o valor para fins rescisórios.

O aplicativo ainda informa, junto com o saldo total do FGTS, algumas situações específicas em que, salvo algumas exceções, ele poderá ser sacado integralmente: idade superior a 70 anos; calamidade publica; falecimento do trabalhador; rescisão do contrato de trabalho; saque por término do contrato de trabalho; e aquisição ou amortização de moradia própria.

O app FGTS é de grande utilidade para aqueles que desejam optar pela modalidade saque-aniversário. Logo na interface inicial do aplicativo aparecerá “saque aniversário do FGTS”, devendo o usuário clicar neste ícone.

Em seguida, haverá uma breve explicação sobre essa sistemática, e será exibido o termo de adesão. O titular deverá clicar na opção em que afirma que leu e aceitou os referidos termos, e, logo depois, clicar em “aderir ao saque-aniversário”.

Trata-se um procedimento rápido, simples e intuitivo, livre de qualquer tipo de burocracia. Ademais, é possível vislumbrar o valor a que se teria direito caso fizesse a adesão a esse tipo de saque: basta clicar em “simular o valor do saque-aniversário”, e o aplicativo informa automaticamente a quantia calculada, de acordo com os parâmetros determinados pela Caixa Econômica Federal.

O usuário ainda poderá clicar em “autorizar os bancos a consultarem seu FGTS”, cuja permissão serve para duas finalidades específicas: moradia própria e empréstimo do saque-aniversário. No primeiro caso, a instituição bancária é autorizada a consultar a conta de FGTS do titular a fim de dar andamento a questões envolvendo a aquisição da casa própria, bem como liquidação, amortização ou abatimento de parte de prestação de financiamento habitacional. Quanto à segunda opção, trata-se de permitir ao banco o acesso à conta para ter o saque-aniversário como garantia em empréstimo bancário.

Ademais, na barra inferior do app, há a opção “Meu FGTS”, em que serão listados todos os vínculos de emprego do titular, com a respectiva data de admissão e saída, bem como o valor acumulado ao longo desses anos de trabalho.

Em “Meus Saques”, também na barra inferior, é possível cadastrar uma conta bancária para recebimento dos valores decorrentes do FGTS, assim como solicitar o saque em virtude de motivos legalmente definidos, como doenças, calamidades e aposentadorias. Ainda na mesma barra inferior, há o ícone de “Ajuda”, onde o titular receberá orientações sobre diversas questões, inclusive saques no exterior, já que a Caixa realizou convênio com o Ministério das Relações Exteriores para possibilitar tal ato.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.