Enem 2020: Como é a correção da redação do Exame?

O Enem 2020 contará com 5.783.357 candidatos, sendo 592 mil de treineiros das diversas regiões brasileiras.

A redação é uma importante etapa do exame, pois ela ajuda na classificação de estudantes e atua para desempate de candidatos no Fies e Prouni

Critérios da correção da Redação do Enem 2020

De acordo com a Cartilha da Redação do Enem 2020, as redações são avaliadas em cinco competências, e cada uma vale 200 pontos. Veja abaixo as competências:

  • demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa;
  • Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa;
  • Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;
  • Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;
  • Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Como é a correção da redação do Enem?

Cada redação passa pela correção de dois corretores. Se houver uma diferença de mais de 100 pontos em relação à nota total da prova ou de mais de 80 pontos em relação a alguma das competências; o texto passa, então, por um terceiro corretor. Se a diferença ainda persistir, a prova é avaliada por uma banca composta por três professores, que atribuirá a nota final do participante.

Motivos para zerar a redação do Enem

A redação receberá nota zero se apresentar uma das características a seguir:

  • Fuga total ao tema;
  • Não obediência ao tipo dissertativo-argumentativo;
  • Extensão de até sete linhas manuscritas, qualquer que seja o conteúdo, ou extensão de até dez linhas escritas no sistema Braille;
  • Cópia de texto(s) da Prova de Redação e/ou do Caderno de Questões sem que haja pelo menos oito linhas de produção própria do participante;
  • Impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, em qualquer parte da folha de redação;
  • Números ou sinais gráficos sem função clara em qualquer parte do texto ou da folha de redação;
  • Parte deliberadamente desconectada do tema proposto;
  • Assinatura, nome, iniciais, apelido, codinome ou rubrica fora do local devidamente designado para a assinatura do participante;
  • Texto predominante ou integralmente escrito em língua estrangeira;
  • Folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho;
  • Texto ilegível, que impossibilite sua leitura por dois avaliadores independentes.

Enem 2020

As provas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital).

Além da redação, a prova terá 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

Para que servem as notas do Enem?

O Exame é considerado o maior vestibular o Brasil, sendo possível utilizar suas notas para ingressar em universidades públicas e privadas. Veja abaixo como utilizar as notas do Enem 2020:

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.