Unicamp e as alterações para ingresso em 2019

A Unicamp, Universidade Estadual de Campinas, com o objetivo de democratizar o ingresso em seus cursos superiores, implantou diferentes formas de ingresso pelos candidatos.

Abaixo as diferentes modalidades de ingresso de acordo com informações da Unicamp:

Cotas

O percentual de vagas reservadas para pretos e pardos será de 25%, em 2019; sendo reavaliado para os exames posteriores até que se possa atingir a meta de ter entre os ingressantes o mesmo percentual da população autodeclarada preta e parda no Estado de São Paulo, atualmente em 37,2%.

Para se obter esse índice, 10% do total das vagas serão oferecidas via Enem e 15%, no mínimo, pelo Vestibular Unicamp. A adoção da reserva de vagas (cotas)  contemplará todos os cursos de graduação e em todos os turnos.

Os candidatos autodeclarados pretos e pardos optantes pelo sistema de cotas, que tenham obtido nota superior à nota de corte do vestibular; serão convocados se houver número de candidatos suficientes, até que se alcance a meta.

ENEM

As vagas oferecidas pelo Enem serão distribuídas da seguinte forma: 10% de estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas; 5% de estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas e sejam autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. 5% de estudantes que sejam autodeclarados pretos e pardos. Assim, o total de vagas via Enem será de 20%. A seleção via Enem estará definida por meio de um edital específico.

PAAIS

O Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (PAAIS) terá seu sistema de bonificação alterado. Na primeira e na segunda fase, serão adicionados pontos à nota dos candidatos que tenham cursado escola pública. Serão 20 pontos para aqueles que cursaram integralmente o ensino fundamental II em escolas públicas e 40 pontos para aqueles que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas. No caso dos candidatos que cursaram ambos os períodos na rede pública, a pontuação adicionada será de 60 pontos.

Vestibular Indígena

Será criado o Vestibular Indígena, a ser realizado em data diferente do Vestibular Unicamp; com duas vagas extras ou regulares nos cursos que aderirem ao Vestibular Indígena 2019. As vagas oferecidas nesta modalidade serão consideradas vagas adicionais na 1ª chamada do Vestibular Unicamp, preservando-se o número de vagas totais oferecidas pelo curso para as chamadas subsequentes. O ingresso será na mesma época de matrículas do vestibular tradicional.

Olimpíada científica

Até 10% das vagas extras ou regulares de cada curso que optarem por essa modalidade. Haverá a publicação de um edital separado para o preenchimento dessas vagas, que ocorrerá na mesma época de matrículas do vestibular tradicional.

ProFis

Foram sugeridos estudos para avaliar a viabilidade de abrir novas vagas para Campinas, bem como vagas nos cursos de graduação da Unicamp para os egressos do ProFIS.

Fonte Unicamp

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.