Questão resolvida envolvendo União Europeia e China, da Famerp

(Famerp/2021) A União Europeia adotou um pacote de medidas em resposta à Lei de Segurança Nacional aprovada pela China para o território de Hong Kong. Entre as ações, o bloco decidiu limitar a exportação de equipamentos e tecnologias que possam ser usados pela China para a “interceptação de comunicações ou vigilância cibernética”. O bloco afirmou ainda que pretende avaliar as implicações da nova lei sobre as políticas de imigração e vistos e que vai monitorar atentamente como serão conduzidos os julgamentos de ativistas de Hong Kong.
(Lucas Alonso. www1.folha.uol.com.br, 29.07.2020. Adaptado.)

A aprovação da Lei de Segurança Nacional pela China
A) reafirma a sua autonomia territorial, que atribui domínio político sobre as antigas colônias britânicas.
B) afeta os cidadãos de Hong Kong, que temem perder suas liberdades civis com a devolução do território aos britânicos.
C) fortalece sua relação política com Hong Kong, que temia a interferência ocidental em seus planos de abertura econômica.
D) normatiza as relações comerciais com Hong Kong, que mantinha vantagens indevidas pela falta de transparência fiscal.
E) contradiz o acordo firmado com o Reino Unido, que confere liberdade política e econômica a Hong Kong.

RESOLUÇÃO:
Até o ano de 1997, o Reino Unido utilizava o território de Hong Kong. Antes do fim do acordo (com a China) que possibilitava tal uso pelo Reino Unido, diversas negociações ocorreram e ficou a regalia que Hong Kong manteria o status de liberdade política e econômica por 50 anos.
Contudo, o governo chinês vem interferindo cada vez mais na vida dos cidadãos de Hong Kong, prendendo indivíduos que participam de movimentos divergentes, o que desencadeou a reação da União Europeia.
Resp.: E

VEJA TAMBÉM:
Questão resolvida sobre Oriente Médio, da UPF 2017

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.