Questão comentada sobre cubismo, da Unifesp 2018

(Unifesp/2018) Tal vanguarda rompeu radicalmente com a ideia de arte como imitação da natureza, prevalecente na pintura europeia desde a Renascença. Seus principais adeptos abandonaram as noções tradicionais de perspectiva,
tentando representar solidez e volume numa superfície bidimensional, sem converter pela ilusão a tela plana num espaço pictórico tridimensional. Múltiplos aspectos do objeto eram figurados simultaneamente; as formas visíveis eram analisadas e transformadas em planos geométricos, que eram recompostos segundo vários pontos de vista simultâneos. Tal vanguarda era e dizia ser
realista, mas tratava-se de um realismo conceitual, e não óptico.
(Ian Chilvers (org). Dicionário Oxford de arte, 2007. Adaptado.)
Uma pintura representativa da vanguarda à qual o texto se refere está reproduzida em:

Resolução:
A obra “As senhoritas de Avignon” é considerada o marco inicial do cubismo (retratado no texto acima). No cubismo busca-se representar a realidade por meio de planos geométricos. Isso significa que a representação do universo visual passou a não mais ter a obrigatoriedade com a sua forma real.
O cubismo surgiu na França, no início do século XX, e tem em Pablo Picasso um de seus principais pioneiros.
Resp.: A

Veja também:
Questão comentada sobre Simbolismo, da Aman 2017

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.