O que vender na rua para ganhar dinheiro: Ideias para faturar bem

A crise econômica não é nenhuma novidade, o ano 2019 calhou de ser também ano fiscal. Ou seja, as contratações aconteceram, mas é natural que o mercado fique um pouco mais retraído.

Alguns consultores de Recursos Humanos esperam que com a chegada de 2020 as contratações aconteçam em maior volume. Mas enquanto isso não acontece, o empreendedorismo é uma excelente forma de fazer dinheiro para não deixar as contas acumularem.

Então, para ajudar as pessoas formulamos uma lista com algumas opções do que vender na rua. Mas antes, preparamos algumas dicas importantes para que você tenha sucesso:

Como impulsionar ideias para ganhar dinheiro e faturar bem

A primeira coisa é entender o lugar em que você se encontra: qual é a renda do público que circula onde você pretende vender, passam mais homens ou mulheres, em que horários eles passam ali e com qual finalidade?

Essas e diversas outras perguntas precisam ser feitas e respondidas para que as coisas caminhem bem e suas vendas alavanquem.

Mas afinal, se em determinado lugar as pessoas que transitam recebem um salário mínimo, não adianta vender itens muito caros ou de pouca utilidade prática para essas pessoas, assim como se o trânsito maior é de homens, não adianta muito tentar vender roupas infantis ou femininas.

Isso não significa que os itens não serão vendidos, que as pessoas não vão comprar o item a venda por ser mais caro, de criança ou outro tipo, ele pode ser vendido, sim. Mas as chances de venda e o aproveitamento adequado do público diminui.

E tampouco adianta você se cansar por horas a fio, se desgastando em momentos que não tem lá grande movimento, tentando vender uns poucos produtos.

Porque além de perder tempo, você ficará estressado e talvez perca a capacidade de lidar bem com os clientes na hora de movimento.

Quem é criativo vende mais

O seu produto pode ser comum e fácil de encontrar, mas o seu atendimento precisa ser bom. Mas acima de tudo, a sua criatividade precisa valer. Se você consegue estruturar uma apresentação bacana do seu produto e do seu espaço de venda, a chances de chamar possíveis clientes aumenta.

As pessoas estão o tempo todo dispersas com várias coisas que chamam a atenção: os outdoors, as buzinas de carro, os lojistas, outros vendedores, as várias pessoas andando na rua, o celular tocando, o WhatsApp que não para de apitar.

Então, o desafio mesmo para quem está com o estande a mostra no caminho das pessoas, é torná-lo criativo e chamativo para disputar a atenção de todos ao redor.

Portanto, vale arriscar, buscar inspiração em redes como o Pinterest, fazer buscas no Google, ver imagens diversas e tentar inovar.

Seja com placas, sons, músicas cantadas na rua de forma criativa e diferente. Fica a seu critério, o importante mesmo é testar.

Cada público pode reagir a uma estratégia, só não caia na mesmice e dependência do interesse exclusivo do público.

Fornecedores

Quem fornece os seus produtos? Qual o preço unitário, para quem mais ele vende esses itens? Essas perguntas são importantes, já que tendo isso claro é possível negociar melhor os preços com o seu fornecedor.

Se você compra 100 itens por semana de um determinado produto, o valor que você paga precisa ser diferente do valor de compra de um único item. É preciso conseguir um desconto. Se não, o ideal é conseguir um outro fornecedor que dê o seu desconto.

Mas lembre-se, faça a gestão prudente dos seus recursos, se você compra 100 produtos por semana, passe a organizar para adquirir 400 em uma única compra no mês e tentando negociar um preço ainda melhor para esse volume comprado.

Quanto menor o custo, melhor o lucro que você conseguirá a partir da venda do seus produtos. Mas, se você conhece outras pessoas que compram do mesmo fornecedor, ou de outro, o mesmo produto, associe-se a eles.

Se são você e mais 4 pessoas que compram a mesma quantidade que você por mês, tente organizar uma compra conjunta mensal realizando apenas um pagamento e tentando minimizar o custo dos itens ainda mais.

Se não der certo, tente outros fornecedores. Negocie, para empreender, mesmo com vendas em uma abordagem direta na rua, a negociação é fundamental para melhorar seu lucro.

6 Ideias para faturar bem vendendo na rua

O que vender na rua para ganhar dinheiro: Ideias para faturar bem

Espetinho

As pessoas costumam ter fome, em especial no fim do expediente.

E usualmente não estão preparadas com lanchinhos para aguentarem chegar em casa na hora do jantar. Mas é preciso se atentar as dicas anteriores e tomar muito cuidado com a higiene, e aparentar higiene também é parte importantíssima do negócio.

Pense numa roupa legal e conforme for capitalizando compre banquinhos, coloque uma música bacana. E não esqueça as bebidas. Mas não precisa ser o melhor refrigerante do mercado.

Pense em outros refrescos interessantes e que deem mais lucro. E não esqueça, na sexta-feira pode ser interessante dar um foco também em bebidas.

Marmitex

Pode ser o marmitex comum de 10 reais, uma marmita fit ou comida congelada. Você escolhe. Mas seja lá como for, pense o cardápio com muito carinho, tente dar muita visibilidade a ele para que seus clientes se programem.

Tente utilizar cartões de visita, entregue aos seus clientes para que eles entrem em contato com você por telefone ou qualquer outro meio para reservar as suas marmitas e se possível até dar sugestões de sabor.

Neste negócio, um cliente feliz significa que outro cliente está por vir.

E como dito na dica anterior: não seja apenas higiênico, aparente ter muito asseio e higiene.

A experimentação do alimento vai do momento em que a pessoa percebe que está com fome até muitos horas depois de comer. E ela é multissensorial. Higiene, cheiro, textura, apresentação são coisas muito importantes que podem ser mecanizadas sem agregar um custo extra elevado e sim ampliando a inserção e capacidade de captação de novos clientes.

Doces

Produzir doces costuma ser fácil e muita gente saber fazer o bom e velho brigadeiro, o mesmo que se faz para festinhas de aniversário.

Mas para vender na rua, tente fazê-lo um pouco maior. Use estratégias de venda como as de marmita e pode ser que você fidelize um público. Tente doces fit, geladinhos de Whey e coisas do tipo.

Seja criativo.

Venda bijuterias

Há quem prefira vender semijoias. Mas normalmente um pequeno punhado dessas vale um bocado.

E o risco de vender na rua pode colocar seu investimento e tentativa de conseguir renda em risco. As bijuterias por outro lado são mais baratas e ganham na escala.

Vender 20 brinquinhos a 10 reais é mais interessante que vender um brinco a 100 reais.

Mas isso é claro, somente se o seu fornecedor for bom e o lucro compensar. Mas pensando em risco: o melhor é prevenir e investir nas bijuterias.

Artesanatos

No público certo, artesanatos vendem muito bem. E o custo de produção diminui, porém o tempo de produção é alto.

Então busque se associar a várias pessoas que fazem, negocie pode ser a preço de venda ou de forma consignada, em que você recebe o produto e só paga se vender.

Roupas

Se você possui algum dinheiro para investir, vender roupas pode ser uma boa. Mas se atente ao clima, o tipo físico e as dicas anteriores sobre conhecer o seu público.

Ou seu investimento pode ir por água abaixo e ficar encalhado na sua casa se você não conseguir encontrar o público correto.

Nesse segmento, não conte apenas com roupas novas. Brechós podem fazer um sucesso na rua. A logística de transporte é um pouco mais difícil, mas em um ponto bacana, você pode ter muito sucesso. E para esse tipo de negócio, invista também em redes sociais. Elas podem ser grandes aliadas nas vendas, seja o Instagram ou o Facebook.

Conclusão

Essas são apenas algumas ideias, mas lembre-se: não são as únicas e exclusivas.

Vários outros negócios podem dar certo, desde que você se planeje e conheça bem o público e o ponto onde pretende vender.

Sem conhecer a clientela ou ter uma boa noção, não será possível levar a ela produtos que atendem suas necessidades.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.