Comerciais do PL terão foco no Auxílio Brasil para alavancar campanha de Bolsonaro

O Partido Liberal (PL) já está com a maior parte das peças publicitárias prontas para irem ao ar no mês de junho no formato de propaganda partidária, um elemento muito central em toda campanha de caráter eleitoral. A sigla deve então utilizar as imagens do atual presidente Jair Bolsonaro em suas viagens pelo país e fará o esforço de se associar ao novo programa social do Governo Federal, Auxílio Brasil. Por enquanto, até o presente momento, o partido escolheu não usar a imagem de Valdemar Costa Netto, que é o presidente do partido.

O Partido Liberal é um dos partidos que tem maior tempo de propaganda partidária. Ao todo, serão 40 (quarenta) inserções de 30 segundos durante os intervalos de programação na televisão e no rádio, o que soma um total de 20 minutos. As propagandas do PL começarão a ser veiculadas a partir do dia 2 de junho de 2022 e seguem até o dia 11 do mesmo mês.

De acordo a lei atual, é proibido usar propagandas partidárias para promover candidatos específicos. Nesse sentido, a ideia é que o material publicitário deve servir para divulgar os programas, as metas e os valores da sigla partidária. Porém, apesar disso, os bastidores indicam que praticamente todos os pré-candidatos à presidência irão recorrer a algumas brechas de oportunidade para cumprir com o objetivo de ganhar tempo nas telas das TV’s a partir deste primeiro semestre.

Por exemplo, o Partido Democrático Trabalhista (PDT), que é o partido do ex-ministro e pré-candidato Ciro Gomes, foi o primeiro partido a aparecer nas propagandas que vem sendo veiculadas. No caso de Ciro, as suas peças publicitárias começaram a ser divulgadas no dia 1 de março de 2022. Em um destes comerciais, o presidenciável Ciro Gomes surge segurando uma águia para fazer uma crítica ao que ele chama de “voo de galinha” da economia durante os últimos governos que o país teve.

Propagandas Partidárias dos principais pré-candidatos

  • Ciro Gomes (PDT) – 40 inserções entre 01/03 e 08/03
  • Simone Tebet (MDB) – 40 inserções entre 10/03 e 30/06
  • André Janones (Avante) – 10 inserções entre 12/03 e 22/03
  • Lula (PT) – 40 inserções entre 24/03 e 17/05
  • João Doria (PSDB) – 40 inserções entre 26/04 e 10/05
  • Sergio Moro (Podemos) – 20 inserções entre 21/05 e 31/05
  • Jair Bolsonaro (PL) – 40 inserções entre 02/06 e 11/06
  • Felipe D’Ávila (Novo) – Sem propaganda

Quando?

Terça, quinta e sábado

Horário

19h30 a 22h30

Tempo

30 segundos por 10 vezes ao dia

Sobre a Propaganda Partidária

A veiculação das chamadas propagandas partidárias chegou a ser barrada no ano de 2017. O retorno dos comerciais de caráter partidário se deve à sanção, no mês de janeiro deste ano, da Lei de número 14.291, de 2022.

Diferente da chamada propaganda eleitoral, que é feita com o objetivo de apresentar diretamente os candidatos, a propaganda partidária tem por finalidade revelar as ações e os programas dos partidos, buscando, com isso, a adesão de um número maior de pessoas para se filiar à sigla.

Atualmente, as siglas partidárias que tenham mais de 20 (vinte) deputados federais podem veicular 20 minutos de material publicitário. Um tempo que deve ser dividido em inserções de até 30 segundos.

Por outro lado, os partidos que tem entre 10 e 19 deputados tem o tempo de 10 (dez) minutos. E, por fim, as legendas partidárias que elegeram o número de até 9 (nove) deputados podem veicular até 5 (cinco) minutos de propaganda. Dessa forma, os partidos que não conseguiram eleger nenhum deputado não tem direito a tempo em rádio e televisão.

No máximo, serão 10 inserções de 30 segundos por dia, no horário que está compreendido entre 19h30 e 22h30, em cada emissora de TV. Nesse sentido, as propagandas partidárias devem ser veiculadas nos dias de terça, quinta e sábado. A veiculação será aplicada nas emissoras de TV aberta, nas rádios e nos canais de TV por assinatura que estão sob a responsabilidade da Câmara dos Deputados, do Senado Federal, das Assembleias Legislativas, da Câmara Legislativa do Distrito Federal – DF e também das Câmaras Municipais.

Está precisando um Cartão de Crédito?

Cartão de Crédito Santander SX

Você sabia que o Santander oferece cartão de crédito sem anuidade? Para conseguir o benefício é preciso gastar R$ 100 em compras ou cadastrar CPF e celular como chaves Pix no Santander. Veja mais benefícios do cartão de crédito Santander SX:
  • Cartão Online: faça compras na internet antes do seu cartão físico chegar
  • Santander Pass: seu cartão em forma de pulseira, tag para relógio e adesivo.
  • Aproximou, pagou.
  • App Way: acompanhe seus gastos em tempo real e controle seu limite de onde estiver.
  • Descontos em diversos parceiros Esfera.
  • Vai de Visa: tenha acesso a ofertas especiais em lojas e restaurantes.
  • Saque de dinheiro no crédito: faça saques na função crédito e pague só quando chegar a fatura.
  • Parcelamento de fatura em até 24x: tenha mais flexibilidade para pagar a fatura do seu cartão.
Veja mais informações sobre o cartão de crédito Santander SX
0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.