Auxílio emergencial: 2ª parcela começa a ser paga nesta quarta (20)

O governo começa a pagar nesta quarta-feira, 20 de maio, a 2ª parcela do auxílio de R$ 600 para quem se cadastrou pelo site ou aplicativo do programa e para os inscritos no Cadastro Único de programas sociais.

Quem pede o auxílio emergencial tem pressa. Muitos deixaram o trabalho, estão em isolamento e ainda não receberam. O governo chegou a prever que iria pagar duas parcelas ainda em abril. Mas não estava preparado para a quantidade de pessoas.

A segunda parcela só começa a ser paga nesta quarta. Mesmo assim, os saques e transferências só poderão ser feitos a partir do fim de maio, quase dois meses após o início dos pagamentos da primeira parcela.

Quem ainda está recebendo a primeira parcela, só vai receber a segunda em junho. Nada muda para beneficiários do Bolsa Família, que recebem de 18 a 29 de maio de acordo com o NIS, o número do Cadastro Único. E já podem sacar.

Foram mais de 53 milhões de cadastros feitos por trabalhadores autônomos e informais pelo site ou aplicativo da Caixa. Quase 30 milhões aprovados, mas ainda há 4 milhões de CPFs em análise pela Dataprev, e a Caixa ainda não tem data para pagar.

Quem não tem conta em banco pode fazer o cadastro pelo site ou pelo aplicativo da Caixa. Uma poupança digital é aberta gratuitamente para que o trabalhador receba o benefício. E pode movimentar o dinheiro dentro do aplicativo para pagar contas, por exemplo, com outro aplicativo, o Caixa Tem, ou pode gerar um cartão virtual e fazer compras em mercados ou farmácia. Para sacar o dinheiro, esse trabalhador terá de ir a agências da Caixa ou lotéricas.

A Caixa firmou acordo com 52 bancos que estarão liberados para pagar em dinheiro a segunda parcela, mas só nas datas de saque.

Para receber o auxílio, o trabalhador precisa ter 18 anos. Mães adolescentes, menores de 18, também têm direito. A renda média, por pessoa da família, tem de ser de até meio salário mínimo por mês ou renda familiar total de até três mínimos por mês. O trabalhador não pode ter emprego com carteira assinada nem estar recebendo outros benefícios, com exceção do Bolsa Família, e a renda em 2018 não pode ter sido maior que R$ 28 mil.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, atribuiu a demora a falhas no Cadastro Único do Ministério da Cidadania, que muitas vezes está desatualizado.

“Há uma falta grande de documentação. As pessoas acabam muitas vezes não se casando no papel. Então, muito difícil. Como é que o banco de dados vai poder refletir uma realidade que não foi colocada de uma maneira clara? Às vezes, o contrário: as pessoas já se separaram e também isso não foi colocado no papel. Então, como são 39 milhões de pessoas que não estavam em nenhuma base de dados do governo federal, temos até o dia 3 de julho para realizar todos os ajustes, e, sim, podem ter ajustes. Mas é importante procurar esses, seja o 121, seja o Fala BR, que é o canal do Ministério da Cidadania”, disse.

Ainda não há data para o pagamento da terceira parcela.

Confira o calendário de pagamento do Auxílio Emergencial

1. Calendário para pagamento aos beneficiários do Bolsa Família

  • NIS 1: 18 de maio
  • NIS 2: 19 de maio
  • NIS 3: 20 de maio
  • NIS 4: 21 de maio
  • NIS 5: 22 de maio
  • NIS 6: 25 de maio
  • NIS 7: 26 de maio
  • NIS 8: 27 de maio
  • NIS 9: 28 de maio
  • NIS 0: 29 de maio.

2. Calendário para depósito em poupança social

  • 20 de maio: nascidos em janeiro e fevereiro
  • 21 de maio: nascidos em março e abril
  • 22 de maio: nascidos em maio e junho
  • 23 de maio: nascidos em julho e agosto
  • 25 de maio: nascidos em setembro e outubro
  • 26 de maio: nascidos em novembro e dezembro

3. Calendário para saque da poupança social e transferência para contas indicadas pelos trabalhadores

  • 30 de maio: nascidos em janeiro
  • 1 de junho: nascidos em fevereiro
  • 2 de junho: nascidos em março
  • 3 de junho: nascidos em abril
  • 4 de junho: nascidos em maio
  • 5 de junho: nascidos em junho
  • 6 de junho: nascidos em julho
  • 8 de junho: nascidos em agosto
  • 9 de junho: nascidos em setembro
  • 10 de junho: nascidos em outubro
  • 12 de junho: nascidos em novembro
  • 13 de junho: nascidos em dezembro.

Cartão de Crédito Sem Anuidade

Muitos trabalhadores estão procurando cortar gastos. E uma das formas de economizar é utilizar um cartão de crédito fornecido por algum banco que não cobre taxa mensal para uso. Veja uma sugestão abaixo:

Santander Free

Acumulando R$100 em compras com o Cartão Free Santander na função crédito em cada fatura, você fica livre da anuidade. Saiba quais são os benefícios desse cartão:

  • Cartão Internacional: O cartão Santander, graças à sua bandeira Mastercard® é aceito na maioria das maquininhas pelo mundo e em compras online.
  • Programa Esfera: Ganhe 1 ponto Esfera a cada R$ 5,00 gastos no cartão. Troque seus pontos por descontos especiais em shopping, restaurantes, viagens e muito mais.
  • Cartões Adicionais Grátis: Você pode solicitar até 5 cartões extras, com limite do cartão titular compartilhado com os demais.
  • Cartão sem conta no Banco: Para você que não é correntista do Santander, saiba que é possível solicitar um cartão. Ah, e se ficou interessado, basta clicar aqui para pedir o seu.

Ficou interessado? Leia mais sobre o Cartão Santander Free.

 

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.