Tema da Redação do Enem 2023: confira

Redação Enem ( Imagem: Canva)

Neste domingo, 5 de novembro, às 13h30 (horário de Brasília), os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2023 deram início à jornada de provas, enfrentando questões de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação, e ciências humanas e suas tecnologias.

O cronograma prevê cinco horas e trinta minutos de aplicação, com término às 19h para os participantes regulares. No entanto, para aqueles que solicitaram atendimento especial, a jornada será estendida por mais uma hora.

Anúncio

O INEP, órgão responsável pela organização do ENEM, revelou o tema provocativo da redação deste ano: “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela Mulher no Brasil“. Uma chamada à reflexão sobre uma questão social crucial, proporcionando aos candidatos a chance de elaborar argumentos e soluções pertinentes.

O ENEM, dividido em dois dias de exame, compreende um total de 180 questões distribuídas em quatro provas objetivas, com 45 questões dedicadas a cada área do conhecimento.

O segundo dia de provas, marcado para o próximo domingo, 12 de novembro, desafiará os candidatos com questões de ciências da natureza e suas tecnologias, além de matemática e suas tecnologias, com um tempo total de cinco horas para resolução.

Publicidade

O ENEM visa avaliar a proficiência acadêmica dos estudantes ao término do ensino básico, e ao longo de mais de duas décadas, firmou-se como a principal passagem para o ensino superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e programas como o Programa Universidade para Todos (Prouni).

As pontuações do ENEM são utilizadas tanto por instituições de ensino públicas quanto privadas em seus processos seletivos, servindo como critério único ou complementar. Além disso, os resultados são empregados para acesso a benefícios governamentais, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Anúncio

O alcance do ENEM transcende as fronteiras nacionais, com instituições de ensino superior em Portugal reconhecendo as pontuações do exame em virtude de acordos estabelecidos com o INEP, facilitando o ingresso de estudantes brasileiros em programas educacionais no país europeu.

Sair da versão mobile