Enem 2021: Candidatos deverão ter login único no site gov.br para realizar sua inscrição

Os candidatos interessados em participar do Enem 2021 poderão fazer sua inscrição no período de 30 de junho a 14 de julho de 2021, tanto para a versão impressa quanto a digital, conforme edital do Exame.

Os interessados poderão se inscrever por meio da Página do Participante, mas para realizar a inscrição, assim como solicitar atendimentos, interpor recursos e acompanhar o andamento dos procedimentos, é preciso ter o login único dos serviços do Governo Federal.

Como fazer o login e recuperar senha de acesso no acesso.gov.br?

Se o candidato não se lembrar se possui a conta, é possível verificar e recuperá-la.

Para isso, basta acessar o endereço eletrônico acesso.gov.br, digitar o CPF para fazer a verificação e clicar em “Avançar”. Em seguida, é só clicar em “Esqueci minha senha”.  Há outras formas de recuperar a conta:

  • Por meio do aplicativo Meu gov.br, de bancos credenciados,
  • Internet Banking de bancos conveniados,
  • Por e-mail ou por mensagem de texto (SMS).

O interessado deve selecionar uma das opções para gerar uma nova senha para sua conta. Para o candidato que não possui o login pode criá-lo também no endereço eletrônico acesso.gov.br.

Login único

O acesso único ao gov.br faz parte do processo de unificação de todos os serviços digitais dos órgãos públicos, alinhado ao Plano de Transformação Digital do Governo Federal. O usuário deverá  se cadastrar somente uma vez para ter acesso liberado a todos os serviços prestados. O cadastro garante maior segurança e transparência na utilização dos sistemas.

Inscrição e provas

Todos os interessados em fazer o Enem 2021 deverão se inscrever, independentemente de terem adquirido a isenção da taxa de inscrição e/ou justificado a ausência no Enem 2020. No momento da inscrição, a pessoa deverá informar o número do CPF e a data de nascimento, além de indicar qual modalidade deseja realizar (impressa ou digital).

O Enem Digital será exclusivo para quem já concluiu o ensino médio ou está concluindo essa etapa em 2021.

Os participantes que desejarem fazer o exame para fins de autoavaliação — os chamados “treineiros” — deverão se inscrever apenas para o Enem 2021 impresso.

Em 2021, as duas versões do exame terão as mesmas provas, com itens iguais e tanto versão digital quanto a impressa desta edição do exame serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro de 2021.

Atendimento especializado e nome social

No período de 30 de junho a 14 de julho, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) também receberá as solicitações de atendimento especializado. Os pedidos de tratamento pelo nome social deverão ser feitos a partir de 19 de julho.

Para que servem as notas do Enem 2021?

Confira abaixo os programas e seleções que utilizam as notas do Enem para acesso de estudantes no ensino superior, em diversas Instituições de ensino federais e particulares, conforme edital do Exame:

  • Vagas no SisuPela nota no Enem o estudante disputará vagas em universidades públicas e gratuitas por meio do Sisu; Sistema de Seleção Unificada. Veja como funciona o Sisu, e como o candidato usa a nota do Enem para concorrer em universidades públicas no Brasil inteiro.
  • Bolsas pelo Prouni: A nota do Enem valerá também para a disputa bolsas de estudo pelo Prouni, Programa Universidade para Todos, nas Faculdades privadas. Bolsas de 100% ou de 50% do valor das mensalidades. Veja aqui o que é o Prouni, Programa Universidade para Todos.
  • Financiamento Fies: Para o estudante que quiser estudar em Faculdade particular e optar pelo financiamento pelo Fies- Programa de financiamento Estudantil, também é preciso ter feito o Enem. O candidato estuda primeiro, e só paga depois que terminar a graduação.
  • Ingresso em mais de 50 Instituições Portuguesas, que firmaram convênio com o INEP.
  • Vagas no Pronatec: A nota no Enem valerá também para disputar vagas no Programa Nacional de Acesso a Cursos Técnicos, o Pronatec. São duas etapas de inscrição a cada ano, no mesmo procedimento utilizado para disputar as vagas das universidades no Sisu.
  • Complemento ao vestibular: Diversas instituições utilizam as notas do Enem como complemento para o Vestibular.
  • Substituição ao Vestibular: Diversas instituições utilizam as notas do Enem para ingresso em seus cursos de graduação, de forma que o estudante fique dispensado de realizar provas para ingresso.
  • Seleção para vagas ociosas: Após a realização de todas as chamadas pelo Sisu, as universidades públicas utilizam as notas do Enem para ingresso nas vagas ociosas de seus cursos de graduação.
  • Seleção para transferência de cursos de graduação: As instituições utilizam ainda as notas do Enem para selecionar os candidatos para transferência para seus cursos de graduação.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.