Capes libera 2,6 mil bolsas para estudos de pandemia

A Capes, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, ligada ao Ministério da Educação (MEC); lançou nesta quinta-feira, 2 de abril, um programa emergencial, que objetiva apoiar pesquisas voltadas ao enfrentamento de surtos; de epidemias e de pandemias, como o coronavírus.

Bolsas oferecidas

Ao todo, serão oferecidas 2,6 mil bolsas para pesquisas, nas áreas de saúde e de exatas, com investimento de R$ 200 milhões.

Etapas do Programa

O programa é divido em três etapas, sendo:

  •  A primeira que já teve início com a concessão imediata de 900 bolsas de mestrado e doutorado para cursos de saúde com notas 5, 6 e 7, na avaliação técnica da Capes. A duração das bolsas será de 36 meses, renovadas a cada ano, com possibilidade de prorrogação por mais 12 meses.
  • A segunda que ofertará mais 900 bolsas, a partir da próxima semana, incluindo cerca de 30 projetos de pesquisa, cada um no valor de R$ 345 mil; voltados para áreas de epidemiologia, infectologia, microbiologia, imunologia, bioengenharia e bioinformática. Essas pesquisas durarão de 12 a 36 meses, podendo ser renovadas por mais um ano.
  • A última etapa que abrangerá mais 800 bolsas de exatas e saúde nos próximos meses.

De acordo com o presidente da Capes, Benedito Guimarães Aguiar Neto, a iniciativa visa a um melhor entendimento das doenças infecciosas e foca em estudos inovadores de prevenção; diagnóstico e de estratégias terapêuticas. Segundo ele, “Estamos intensificando nosso apoio aos programas de pós-graduação, principais responsáveis pela pesquisa científica e tecnológica no país, com um programa estratégico emergencial que poderá contribuir de forma imediata à mitigação dos problemas ocasionados pela atual pandemia e contribuir para prevenção e combate epidemias que assolam o país há anos”.

O programa de combate às epidemias faz parte de uma série de esforços do governo federal na contenção da disseminação do vírus pelo país. Com a iniciativa, será possível preparar a comunidade científica para trabalhar em soluções para situações-limite.

Fonte http://portal.mec.gov.br/

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.