Bolsa Família 2023: veja quem tem direito ao benefício

O programa Bolsa Família foi retomado no novo governo Lula (PT), nesse ano de 2023. Lembrando que o benefício social, que durou pelo tempo de 18 (dezoito) anos no país, foi substituído pelo Auxílio Brasil durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). A substituição de programas sociais aconteceu há pouco mais de um ano atrás.

A partir de agora, o programa Bolsa Família retorna com uma série de novas condições.

Bolsa Família: Consulta Auxílio Brasil

Para efetuar a consulta Auxílio Brasil – agora Bolsa Família -, o cidadão pode utilizar o aplicativo oficial do Auxílio Brasil, que está disponível para os dispositivos móveis com sistemas operacionais Android e/ou iOS (aparelhos Apple). Uma outra forma de fazer a consulta Bolsa Família é por meio do Ministério da Cidadania, através do número 121.

Além disso, também é possível consultar maiores informações sobre o benefício social diretamente na Central de Atendimento da Caixa Econômica Federal – CEF, por meio do número de telefone 111.

Quem pode receber o Bolsa Família 2023?

O programa Bolsa Família realiza pagamentos mensais para as pessoas que estão inscritas no Cadastro Único para Programas do Governo Federal (CadÚnico) e que se encontram em situação de pobreza (de R$ 100,01 a R$ 200,00 reais por mês) ou em extrema pobreza (até R$ 100,00 reais por mês).

As famílias que possuem, em sua composição familiar, um membro que receba o “Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social”, o BPC, também têm o direito de receber o pagamento mensal do Bolsa Família.

Logo a seguir, confira alguns outros critérios para receber o benefício do Bolsa Família todo mês:

  • Frequência escolar das crianças das famílias participantes do programa em até 85%
  • Acompanhamento das mulheres lactantes
  • No caso das grávidas que fazem parte do núcleo familiar, é necessária a realização do pré-natal
  • Para as crianças que estejam em situação de trabalho infantil, campanhas socioeducativas são realizadas
  • As famílias com mulheres gestantes, mães que amamentam ou pessoas de 0 a 21 anos de idade incompletos
  • Estar em Regra de Emancipação
  • A carteirinha de vacinação das crianças precisa estar em dia, com as devidas atualizações vacinais

Para se candidatar para receber o Bolsa Família 2023, a família precisa ter os seus dados devidamente atualizados no sistema, nos últimos 2 (dois) anos, no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Se a família estiver dentro dos requisitos e não se encontrar inscrita, é preciso ir até o responsável pelo programa Auxílio Brasil (Bolsa Família 2023) na prefeitura da sua cidade para então fazer a inscrição no CadÚnico. Lembrando, por fim, que a simples inscrição no CadÚnico não garante o início imediato de pagamentos do benefício social.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.