Enem Proposta de Redação: Visibilidade em campanhas publicitárias

Enem Proposta de Redação: Visibilidade em campanhas publicitárias
5 (100%) 1 vote

Enem Proposta de Redação: Visibilidade em campanhas publicitárias; que objetiva auxiliar os candidatos que farão o Exame Nacional, a melhorar seus argumentos e garantir uma vaga nas universidades públicas brasileiras e portuguesas.

Enem Proposta de Redação: Visibilidade em campanhas publicitárias

Esta proposta de redação foi apresentada pelo INSPER em sua  seleção edição de 2017.

 

Texto  1

“Somos Todos Paralímpicos” é o tema de uma campanha de divulgação dos Jogos Paralímpicos 2016, que gerou polêmica.  As imagens dos atores Cléo Pires e Paulo Vilhena foram editadas para representar atletas com algum tipo de deficiência física,  porém a montagem não foi bem vista. Entre as principais queixas, está a reivindicação de que a publicidade deveria ter sido estrelada por atletas em vez de atores.

O intuito foi gerar maior visibilidade para o evento e incentivar a compra de ingressos para os Jogos Paralímpicos. Segundo  o próprio veículo que divulgou a campanha, essa foi uma forma de apoiar a causa nobre. Mas a divulgação trouxe à tona a  questão da representatividade de grupos e da apropriação de discursos por outros que, mesmo apoiando, encontram-se em  lugar diferente e, portanto, possuem uma percepção diferente da realidade. Essa discussão é recorrente em campanhas de  inclusão e os anunciantes devem ser cuidadosos.

(Cinthya Oliveira.  Polêmica da campanha “Somos Todos Paralímpicos”. http://pontosdecontato.com.br. 24.08.2016. Adaptado).

Texto 2

A principal questão apontada por críticos à campanha “Somos todos Paralímpicos” foi a da representatividade. O argumento dado é o de que os próprios atletas paralímpicos podem ser protagonistas de campanhas que chamam atenção para suas histórias. A escolha de atores não deficientes mantém essas pessoas na invisibilidade. “Por isso, num momento em que se discute tanto representatividade, é preciso entender que os holofotes devem estar virados a eles. E não a alguém que os encena. As intenções podem ser boas, mas não são eficazes”, defendeu o jornalista Pedro Henrique França nas redes sociais. “Enquanto a vida for uma capa de revista ou um editorial de moda que exalta padrões pré-estabelecidos, essas pessoas todas continuarão não existindo. E a pior coisa que tem é inexistir dentro de sua própria existência. Uma coisa é ter a empatia de se colocar no lugar do outro. Outra é a hipocrisia de estar no lugar do outro. Nós não somos todos paralímpicos. Mas podemos, um dia, ser todos normais”, acrescenta.

(Beatriz Montesanti. A questão da representatividade na campanha publicitária ‘Somos Todos Paralímpicos’. https://www.nexojornal.com.br. 25.08.2016. Adaptado)

 Texto 3

Representados na campanha publicitária de uma revista de moda pelos atores Cléo Pires e Paulo Vilhena, os atletas paralímpicos Bruna Alexandre (tênis de mesa) e Renato Leite (vôlei sentado) saíram em defesa dos artistas, que acabaram sendo alvos indiretos de críticas. Na ação, Vilhena e Cléo estão em fotomontagens em que ele aparece com uma perna mecânica – de Renato – enquanto ela está com um dos braços amputados – de Bruna. Para Renato, a campanha alcançou seu objetivo e trouxe visibilidade aos Jogos, ajudando a atingir um público que não tem muito conhecimento sobre os esportes paralímpicos. “A campanha foi sensacional, uma grande ideia para propagar cada vez mais o movimento paralímpico. Fez com que outras pessoas pudessem conhecer o nosso espírito e com que nós pudéssemos nos mostrar na competição em si, em termos de resultado”, declarou. A tenista de mesa Bruna Alexandre acredita que a participação dos atores ajudou também no aumento da venda de ingressos que estava baixa. “Foi um incentivo para nós. Graças a eles, foram um milhão de ingressos vendidos ainda antes do início dos Jogos”, disse.

(Bruno Braz. Paraolímpicos defendem Cléo Pires e Vilhena após campanha polêmica. http://olimpiadas.uol.com.br. 01.09.2016. Adaptado)

De acordo com os textos apresentados acima e em seus próprios conhecimentos, redija um texto argumentativo-dissertativo, na norma-padrão da língua portuguesa, sobre o tema:

Deve-se privilegiar a visibilidade em detrimento da representatividade em campanhas publicitárias?

Dicas de Estudo Enem:

Acesse o que é cobrado no Enem?

Notas de corte por área de conhecimento;

-Consulte possíveis temas para Redação do Enem;

-Acesse provas de outras edições do Enem para revisar seus estudos;

-Analise os temas de redações que caíram em outras edições do Enem;

-Dicas para redação nota 1000 no Enem;

Dicas para prova de Ciências Humanas;

Dicas para prova de Ciências da Natureza;

Dicas de Química para a prova do Enem;

Dicas de matemática para a prova do Enem;

Conheça as Universidades e Institutos Federais de Educação que utilizam o Sisu para ingresso em seus diversos cursos.

Acesse outros vestibulares que estão disponíveis  em várias universidades, centros universitários e faculdades.

0 Comentários… add one

Deixe um Comentário