Questão discursiva sobre células tronco, da UFOP

(UFOP) Todos nós já fomos uma célula única, resultante da fusão de um óvulo e um espermatozoide. Esta primeira célula já tem, no seu núcleo, o DNA com toda a informação genética para gerar um novo ser. O DNA nas células fica extremamente condensado e organizado em cromossomos. Com exceção das nossas células sexuais, o óvulo e o espermatozoide, que têm 23 cromossomos, todas as outras células do nosso corpo têm 46 cromossomos. Voltemos agora à nossa primeira célula resultante da fusão do óvulo e do espermatozoide. Logo após a fecundação, ela começa a se dividir: uma célula em duas, duas em quatro, quatro em oito e assim por diante. Pelo menos até a fase de oito células, cada uma delas é capaz de se desenvolver em um ser humano completo. Na fase de oito a dezesseis células, as células do embrião se diferenciam em dois grupos: um grupo de células externas, que vão originar a placenta e os anexos embrionários, e uma massa de células internas, que vai originar o embrião propriamente dito.
Adaptado da Revista de Estudos Avançados Marco Segre. vol.18, nº.51. São Paulo: 2004.
Com base no texto:
A) Escreva o nome dado às células com 46 cromossomos.

B) Defina célula tronco.

C) Explique como são obtidas as células tronco.

D) Cite pelo menos 2 aplicações das células tronco.

RESOLUÇÃO:
A) Células somáticas (contendo todo o genoma diploide).

B) Células com potencial para se diferenciarem em todos os tipos celulares
(tecidos) do embrião.

C) São obtidas ou do cordão umbilical, sendo chamadas de células tronco
embrionárias, ou de tecidos já diferenciados, como medula óssea, por exemplo,
chamadas células tronco adultas.

D) Tratamento de doenças neurodegenerativas e de diabetes

VEJA TAMBÉM:
Questão discursiva sobre células tronco embrionárias, da Unifesp 2020
Questão comentada sobre células tronco, da UEPA

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.