Volta às aulas em 2021, veja as possíveis datas por estado da Federação

A educação brasileira, quase sete meses após o início da pandemia do novo coronavírus, dá sinais de retomada nas escolas da educação básica.

Veja como cada estado planeja o retorno às atividades nas escolas em 2021

Acre (AC)

O Secretário Estadual de Educação do estado, Mauro Sérgio, confirmou que a volta às aulas está prevista para o mês de março. Segundo ele, no primeiro momento, as escolas usarão o modelo híbrido de ensino. Em tal contexto, as turmas serão divididas por listas de chamadas, com o objetivo de evitar aglomeração e garantir o distanciamento entre os alunos. As aulas presenciais só terão início no mês de maio de 2021, mês que representa o início do ano letivo de 2021 no estado.

Alagoas (AL)

A rede pública estadual do estado retomará as aulas presenciais a partir de 1º de março. De acordo com o governador Renan Filho, pelo menos 30% dos estudantes das escolas públicas poderão frequentar as salas de aula. As escolas particulares, por sua vez, poderão iniciar suas atividades presenciais a partir do dia 21 deste mês, com pelo menos 50% da capacidade.

Amapá (AP)

Após um ano conturbado, marcado pela pandemia de Covid-19 e um apagão que durou 22 dias, o estado ainda não tem data exata para a volta às aulas presenciais, mas a previsão é de que isso ocorra ainda em 2021.

Amazonas (AM)

Os Secretários de Educação estaduais e municipais aguardam ainda um posicionamento dos órgãos sanitários para definir se as aulas acontecerão de maneira híbrida ou presencial. Até o momento não há previsão ou definição sobre o tema. A Seduc (Secretaria de Estado de Educação) do Amazonas, elaborou um plano de retorno às atividades presenciais, com protocolos e orientações para as escolas, estudantes e familiares.

Bahia (BA)

O estado ainda não divulgou o calendário do ano letivo de 2021. No dia 05 de janeiro, o governo estadual prorrogou o decreto, que suspende as aulas das escolas públicas e particulares até o dia 15 de janeiro.

Ceará (CE)

No Ceará, a volta às aulas está prevista para o mês de fevereiro, com o modelo físico e virtual. De acordo com informações da Secretária de Educação do estado, Eliana Estrela, o retorno será gradual, por série, e contará ainda com o rodízio de estudantes.

Distrito Federal (DF)

A Secretaria de Educação definiu que o ano letivo de 2021 terá início no dia 8 de março e será finalizado no dia 22 de dezembro. A decisão referente ao formato dependerá da situação da pandemia nos meses de janeiro e fevereiro. Ao longo de 2021, haverá aulas de reposição aos sábados. As escolas particulares, por sua vez, já estão autorizadas a utilizar o ensino híbrido ou o presencial.

Espírito Santo (ES)

Ainda não há formato definido, em relação à volta das aulas no estado, que está prevista para o dia 04 de fevereiro. O ano letivo terá um total de 204 dias, e contará também com aulas de recuperação.

Goiás (GO)

De acordo com a Secretaria de Educação de Goiás, a retomada das aulas presenciais terá início no dia 25 de janeiro, com sistema de rodízio, com 30% da capacidade total. A prioridade será os estudantes do 2º e do 3º ano do Ensino Médio, do 9º ano do ensino fundamental, e também aos alunos que não possuem acesso à internet.

Maranhão (MA)

Ainda não formato definido, mas, de acordo com o secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, as escolas provavelmente utilizarão o modelo híbrido.

O retorno das atividades presenciais terá início no dia 08 de fevereiro, com os alunos de escolas de período integral e do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA). No dia 22, os estudantes do 2º e do 3º ano do Ensino Médio também retornarão. As demais séries só poderão iniciar suas atividades após o término do ano letivo de 2020.

Mato Grosso (MT)

A volta às aulas presenciais na rede estadual de ensino estavam previstas para o dia 1º de fevereiro. Mas por causa do aumento no número de casos de Covid-19, o Governo decidiu mudar o formato de aulas, e adotará o modelo remoto (on-line ou através de apostilas).

Mato Grosso do Sul (MS)

Na rede municipal, a volta às aulas está prevista para o mês de fevereiro, enquanto na estadual, o retorno acontecerá em março.  Inicialmente, a Secretaria Estadual de Educação (SED) definiu que as aulas acontecerão de forma online.

Minas Gerais (MG)

O Governo Estadual divulgou que o início do ano letivo será no dia 4 de março na rede de ensino estadual, entretanto, o governo ainda não confirmou a volta das atividades presenciais.

Pará (PA)

O estado ainda não divulgou a data exata para a retomada das aulas no ano de 2021.

Paraíba (PB)

De acordo com o presidente do Sindicato das Escolas Particulares (Sinepe), Odésio Medeiros, a previsão é que o retorno da rede pública será no dia 18 de fevereiro, ainda sem formato definido. Na rede privada, 730 escolas particulares da Paraíba deverão voltar a funcionar no dia 8 de fevereiro, com o ensino híbrido.

Paraná (PR)

O ano letivo de 2021 na rede estadual de ensino paranaense terá início no dia 18 de fevereiro, em formato híbrido. A ideia é fazer um revezamento semanal entre os alunos, com uma parte frequentando as escolas; e outra acompanhando as aulas simultaneamente, de maneira remota.

Pernambuco (PE)

A volta às aulas no estado de Pernambuco está prevista para o dia 3 de fevereiro, na rede estadual de ensino.

Piauí (PI)

O governo piauiense definiu que as escolas particulares e públicas poderá definir as datas de retorno a partir de 1º de janeiro; desde que apresentem um plano de retomada, que inclua medidas e orientações sanitárias. As aulas deverão acontecer no formato híbrido, em todas as etapas de ensino, mas o Ensino Infantil poderá funcionar de modo 100% presencial.

O governo definiu ainda, que as aulas na rede estadual de ensino estão marcadas para o dia 25 de janeiro, inicialmente, de modo remoto.

Rio de Janeiro (RJ)

De acordo com o calendário da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), divulgado no dia 23 de dezembro, o início do ano letivo de 2021será no dia 8 de fevereiro, de forma híbrida, ou seja, presencial e remota.

Rio Grande do Norte (RN)

O estado definiu a retomada das aulas presenciais para o dia 1º de fevereiro, com protocolos e medidas sanitárias de segurança, para concluir o ano letivo de 2020.

Rio Grande do Sul (RS)

O calendário escolar estadual de 2021 será iniciado no dia 8 de março, com continuidade ao modelo híbrido, implementado durante a pandemia. De acordo com a Secretaria Estadual de Educação do Rio Grande do Sul, o retorno será de forma escalonada, e começará pelos alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental. No dia 11, retornarão os estudantes do Ensino Fundamental II, e, por último, no dia 15, os alunos do Ensino Médio e Técnico.

Rondônia (RO)

O governo estadual ainda não  divulgou previsão para a volta às aulas presenciais na rede pública de ensino do estado, porém, acredita-se que as atividades serão retomadas de maneira remota em 2021.

Roraima (RR)

Em Roraima, alguns colégios particulares de Boa Vista retomarão suas atividades em ambiente escolar a partir do dia 18 de janeiro. A Secretária de Educação, Leila Perussolo, disse que ainda não há previsão para o retorno das aulas na rede pública.

Santa Catarina (SC)

O governo estadual prevê o retorno das aulas para o dia 18 de fevereiro, com escalonamento de alunos. De acordo com o governo, nas regiões de alto risco para Covid-19, as escolas poderão receber somente 50% da capacidade total de alunos nas atividades presenciais. Nas áreas de menor risco, não haverá limitação, porém os estudantes e funcionários deverão respeitar as regras de distanciamento.

São Paulo (SP)

No estado de São Paulo, a volta está programa da para 1º de fevereiro, e as aulas presenciais são obrigatórias para a rede pública de ensino, exceto aqueles que apresentarem um atestado de saúde que impossibilite seu retorno. Por meio de coletiva à imprensa, o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, afirmou que, “mesmo em caso de bandeira vermelha, voltaremos em rodízio com máximo de até 35% dos alunos no mesmo turno”.

Sergipe (SE)

A Secretaria de Educação Estadual divulgou que as aulas presenciais nas escolas estaduais de Sergipe estão previstas para começar no dia 22 de março. Na rede particular, os estudantes do Ensino Médio poderão retornar em janeiro. A retomada das demais séries, tanto na rede particular quanto na pública, será definida pelos prefeitos de cada cidade.

Tocantins (TO)

A Secretaria de Educação definiu que na rede municipal, o início do ano letivo está previsto para o dia 2 de fevereiro, com apenas 25% dos estudantes por sala de aula. Dependendo da situação da pandemia, as atividades serão híbridas.

Volta às aulas nas escolas particulares

Na rede privada de ensino, a data de início das aulas muda em cada estado da Federação. A Federação Nacional de Escolas Particulares (FENEP), elaborou um mapa de retorno das atividades presenciais no Brasil.

Protocolos de Segurança para retorno das aulas de acordo com a FENEP:

  • Organizar sua estrutura operacional para que os alunos mantenham uma distância de 1m² entre eles e as demais pessoas;
  • Uso obrigatório de máscaras;
  • Disponibilização de álcool em gel 70% em todos os ambientes do estabelecimento;
  • A instituição de ensino deverá priorizar o formato de ensino remoto, promovendo gradualmente a adoção de atividades educacionais presenciais de forma segura;
  • A escola deverá desenvolver um plano de trabalho domiciliar para os estudantes do grupo de risco, ou àqueles que não se sintam confortáveis para comparecer às aulas presenciais;
  • As instituições de ensino deverão desenvolver um plano de trabalho remoto para que professores e demais colaboradores, que se encontrem no grupo de risco, possam desenvolver suas atividades.

Fonte https://www.fenep.org.br/

Está precisando um Cartão de Crédito?

Cartão de Crédito Santander SX

Você sabia que o Santander oferece cartão de crédito sem anuidade? Para conseguir o benefício é preciso gastar R$ 100 em compras ou cadastrar CPF e celular como chaves Pix no Santander. Veja mais benefícios do cartão de crédito Santander SX:
  • Cartão Online: faça compras na internet antes do seu cartão físico chegar
  • Santander Pass: seu cartão em forma de pulseira, tag para relógio e adesivo.
  • Aproximou, pagou.
  • App Way: acompanhe seus gastos em tempo real e controle seu limite de onde estiver.
  • Descontos em diversos parceiros Esfera.
  • Vai de Visa: tenha acesso a ofertas especiais em lojas e restaurantes.
  • Saque de dinheiro no crédito: faça saques na função crédito e pague só quando chegar a fatura.
  • Parcelamento de fatura em até 24x: tenha mais flexibilidade para pagar a fatura do seu cartão.
Veja mais informações sobre o cartão de crédito Santander SX
0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.