Governo erra e não paga Auxílio Emergencial a quase 1 milhão em agosto

No mês de agosto quase 1 milhão de pessoas ficaram sem receber o auxílio emergencial e o Bolsa Família. De acordo com o governo os prejudicados tiveram o auxílio cancelado ou suspenso após uma revisão nos cadastros, mas deveriam ter recebido pelo menos o dinheiro do Bolsa Família.

Para corrigir o erro o governo informou que efetuará o pagamento do auxílio junto do benefício em setembro. O Ministério da Cidadania justificou que a Controladoria-Geral da União (CGU) havia recomendado o cancelamento de 613 mil auxílios emergenciais para pessoas inscritas no Bolsa Família, além da suspensão de 310 mil cadastros no mesmo grupo. Com isso, o governo deixou de gastar pelo menos R$ 550 milhões do Orçamento destinado ao auxílio.

De acordo com o Governo Federal o objetivo é garantir uma melhor aplicação dos recursos públicos e alcançar os cidadãos que se enquadram nos critérios de elegibilidade. Quem está no Bolsa Família e tem direito ao auxílio emergencial não acumula os dois pagamentos — recebe apenas o que for mais vantajoso. O valor médio do Bolsa Família é de aproximadamente R$ 190, enquanto o auxílio emergencial em agosto era de R$ 600 por pessoa (ou R$ 1.200 para mulheres chefes de família).

O número de pessoas inscritas no Bolsa Família que estavam recebendo o auxílio emergencial em agosto chegou a 19,2 milhões.

Auxílios suspensos seguem em análise

Segundo o ministério, as pessoas que tiveram o auxílio emergencial suspenso terão o cadastro reanalisado. “Se confirmado que eles atendem aos critérios de recebimento do auxílio emergencial, o pagamento será liberado após a conclusão desse processo”, declarou.

Como contestar o corte do auxílio

De acordo com o ministério, é possível contestar o cancelamento ou a suspensão do auxílio emergencial pelos site ou aplicativo da Caixa ou no site da Dataprev.

Existe também uma parceria com a DPU (Defensoria Pública da União) para recorrer de problemas com o auxílio emergencial. Essa opção, porém, só vale nas cidades onde a DPU tem unidade de atendimento.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.