Auxílio emergencial sumiu da conta digital? Veja o que ocorreu

Em coletiva de imprensa nesta segunda-feira, 1º de maio, a Caixa Econômica Federal explicou por que o saldo do auxílio emergencial (de R$ 600 ou R$ 1.200) pode desaparecer da conta poupança digital dos beneficiários.

Internautas relataram que foram acessar a conta digital e estava no vermelho, mesmo após ter recebido a segunda parcela. A vice-presidente do governo da Caixa, Tatiana Thomé, explicou que o brasileiro ainda tem o auxílio, mas que ele apenas migrou para outra conta.

“No seu caso, você recebeu a segunda parcela do auxílio em poupança digital no dia 20 de maio. Esse saldo ficou disponível do dia 20 de maio até o dia 31 para uso digital. O que aconteceu no dia 1° [hoje] é que o saldo que você não utilizou migra automaticamente para a conta em que você recebeu a primeira parcela. Então ele não sumiu, ele está disponível”, afirmou Thomé.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, explicou que provavelmente a pessoa tem uma conta poupança na Caixa ou em outro banco, que foi cadastrada para recebimento da primeira parcela do auxílio. “Para aqueles que não tinham conta em banco nenhum, [o valor] continua na conta digital. Para os 10 milhões que já tinham contas (na Caixa ou em outros bancos), esse dinheiro foi depositado nessas contas”, disse Guimarães.

O presidente esclareceu também que, como é possível realizar compras com a conta digital do auxílio mesmo antes de receber a parcela e depois de ter sido aprovado na análise, o saldo do recebimento levará em conta o que foi gasto antes – como um cartão pré-pago. “Se você recebeu R$ 600 e gastou R$ 200, o que vai ser depositado automaticamente a diferença: R$ 400”, exemplificou.

Na coletiva, a vice-presidente afirmou que o prazo para se cadastrar no auxílio emergencial do governo federal é dia 3 de julho.

Balanço de pagamentos

O total geral de pagamentos até esta segunda-feira, incluindo primeira e segunda parcelas, foi de R$ 76,6 bilhões em auxílio emergencial para 58,6 milhões de beneficiários, segundo dados da Caixa.

Segundo o banco estatal, 106,8 milhões de pessoas se cadastraram para receber a renda emergencial – aproximadamente metade da população brasileira – e dessas, 10,9 milhões estão em análise.

Cartão de Crédito Sem Anuidade

Muitos trabalhadores estão procurando cortar gastos. E uma das formas de economizar é utilizar um cartão de crédito fornecido por algum banco que não cobre taxa mensal para uso. Veja uma sugestão abaixo:

Santander Free

Acumulando R$100 em compras com o Cartão Free Santander na função crédito em cada fatura, você fica livre da anuidade. Saiba quais são os benefícios desse cartão:

  • Cartão Internacional: O cartão Santander, graças à sua bandeira Mastercard® é aceito na maioria das maquininhas pelo mundo e em compras online.
  • Programa Esfera: Ganhe 1 ponto Esfera a cada R$ 5,00 gastos no cartão. Troque seus pontos por descontos especiais em shopping, restaurantes, viagens e muito mais.
  • Cartões Adicionais Grátis: Você pode solicitar até 5 cartões extras, com limite do cartão titular compartilhado com os demais.
  • Cartão sem conta no Banco: Para você que não é correntista do Santander, saiba que é possível solicitar um cartão. Ah, e se ficou interessado, basta clicar aqui para pedir o seu.

Ficou interessado? Leia mais sobre o Cartão Santander Free.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.