Como Funciona o Sistema de Contratação PJ?

O cenário de trabalho está constantemente mudando, e desse modo, as pessoas tendem a se adaptar conforme as mudanças exigem. Um exemplo disso são as empresas que ultimamente estão optando por contratação PJ devido aos benefícios e economias.

 Todavia, tanto para as empresas em questão, quanto para os indivíduos que visam atuar como pessoa jurídica. Surgem diversas dúvidas em relação ao assunto.

Como por exemplo, como funciona o sistema de contratação, qual carga de horário e quanto de imposto é pago em cima de uma pessoa jurídica?

Para sanar essas dúvidas de uma vez por todas, continue então, lendo esse conteúdo!

Como funciona o sistema de contratação PJ?

Quando uma empresa contrata um profissional PJ, antes é necessário que seja acordado um contrato de prestação de serviço, entre o profissional e a empresa contratante. Esse contrato é diferente daquele que é realizado entre os trabalhadores sob o regime CLT e a empresa, no qual é obrigatório celebrar o contrato de trabalho entre o empregador e o empregado.

A principal diferença entre os contratos, se dá ao fato de que o profissional PJ não possui diversos direitos trabalhistas do empregado CLT. Não incluindo assim, férias remuneradas, FGTS, 13° salário, horas extras, etc…

No entanto, embora muitos pensem que o empregado CLT possui mais vantagens, o profissional PJ, por sua vez, também é beneficiado em seu acordo.

Uma vez que, não é descontado do seu salário os impostos referente a essas vantagens que é tributado diretamente do salário do empregado CLT. Sem dúvida, o número de indivíduos atuando no mercado de trabalho como PJ tem crescido bastante atualmente.

Bem como, o número das empresas que optam por contratar PJ ao invés de funcionários sob o regime CLT, com o intuito de reduzir diversos custos da empresa com folha de salário. 

O Que Significa Trabalhar Em Regime PJ?

Podemos dizer então, que contratar uma PJ pode ser mais vantajoso para as empresas. No entanto, como funciona o sistema de contratação PJ?

Os indivíduos que escolhem atuar como pessoa jurídica, exercem as suas respectivas funções como uma empresa que presta serviços.

Sendo assim, é fundamental que a pessoa adquira um CNPJ para atuar como empresa. Assim como, obtenha o aval da prefeitura para emitir notas fiscais, inscrição estadual, etc.

Portanto, tanto a empresa contratante, quanto a PJ sendo contratada, é necessário que prestem atenção quanto as regras dos direitos trabalhistas que não serão aplicadas nesse contrato.

Pois, a Pessoa Jurídica é considerada como uma trabalhadora autônoma. Ao contrário do empregado que está sob o regime da contratação pela CLT.

Logo, trabalhar sob o regime PJ significa a ausência completa das exigências e burocracias que forma o contrato de trabalho. Bem como, a ausência dos benefícios listados posteriormente.

Trabalhar como PJ significa ter mais autonomia para exercer sua função, mais liberdade em escolher para quem irá prestar os seus serviços, mais flexibilidade para definir quais horários são mais adequados para trabalhar.

Entretanto, ao passo que uma pessoa sob regime PJ possui mais autonomia, as responsabilidades se dão na mesma proporção. Pois, o indivíduo que trabalha como pessoa jurídica, deverá declarar o Imposto de Renda da Pessoa jurídica.

Do mesmo modo que, pagar tributos como impostos sobre serviços, contratar um contador, entre muitas outras obrigações.

Quantas horas se trabalha na contratação PJ?

Apesar de haver muitas diferenças entre a pessoa jurídica e o empregado CLT, como por exemplo, os benefícios que o empregado possui e a PJ não. Todavia, uma das diferença mais notáveis está diretamente relacionada à carga de horário entre ambos.

Enquanto que um empregado contratado sob o regime CLT, deverá cumprir como obrigação uma jornada de horas diárias específicas de forma contínua, conforme foi estabelecido no contrato.

A pessoa jurídica, por sua vez, não precisa cumprir nenhuma carga horária determinada, possuindo um horário mais flexível. Ou até mesmo, nem trabalhar continuamente.

Ou seja, basicamente, a pessoa jurídica é quem determina em quais horários do dia prefere trabalhar e por quantas horas.

Ao passo que o empregado CLT não possui essa vantagem. Portanto, a carga horária de trabalho depende unicamente da própria pessoa jurídica.

Quanto é o imposto em cima de PJ?

Contratar uma pessoa jurídica é uma estratégia que diversas empresas utilizam para economizar em alguns gastos.

Como, por exemplo, todos aqueles benefícios que são obrigatórios por lei aos trabalhadores sob o regime da CLT. Desse modo, as empresas economizam em impostos e tributos ao contratarem os serviços de uma pessoa jurídica.

E, como resultado, o salário do indivíduo também é maior em comparação com o empregado CLT. Mas, por outro lado, a pessoa jurídica deve pagar por seus próprios impostos. O valor dos impostos variam conforme a porcentagem de lucro da pessoa jurídica, além de outras variáveis.

Mas, geralmente, os números tendem a ser entre 6% a 15%. Logo, para não haver erros de cálculos, a contratação de um contador online é ideal para calcular o valor correto dos impostos a serem pagos. Além, é claro, de controlar melhor os ganhos.

Conclusão

Portanto, podemos concluir que trabalhar em regime PJ é bastante diferente em comparação com o empregado sob o regime CLT. Para saber qual é a melhor opção o indicado é consultar a fundo qual é a opção que mais se adapta ao seu perfil.

Apesar de possuir algumas desvantagens, também há inúmeras vantagens, incluindo para a empresa contratante, que reduzirá gastos relacionados a folha de salário.

Uma das vantagens é o horário flexível, pois quem decide quantas horas por dia trabalhar depende unicamente da própria pessoa jurídica.

Ao passo que o empregado CLT não possui essa vantagem, já que o mesmo deve cumprir a carga horária determinada no contrato.

Mas, como bem sabemos, nem tudo são flores, pois trabalhar como PJ traz algumas responsabilidades, incluindo administrar o pagamento dos próprios impostos.

O que faz assim, com que a contratação de um contador online torne-se extremamente importante para quem trabalha como PJ.

Ainda possui alguma dúvida adendo em relação às questões abordadas? Então deixe o seu comentário!

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.