Questão resolvida sobre análise de quadrinhos, da UERJ

(UERJ 2018 – 2º EXAME DE QUALIFICAÇÃO)

A sequência das falas indica uma compreensão do que seja esperança.
O recurso não verbal que reforça essa compreensão é:
A) exposição da paisagem no primeiro quadrinho
B) representação do movimento no segundo quadrinho
C) duplicação dos personagens no quarto quadrinho
D) ausência do leitor no quinto quadrinho

RESOLUÇÃO (Banca elaboradora de provas da UERJ):
No primeiro quadrinho, o personagem Graúna anuncia aos companheiros que vê, de verdade, uma esperança. Os outros dois personagens, Bode Orelana e Zeferino, perguntam imediatamente onde ela estaria, já que só enxergam uma planta típica das paisagens mais áridas do sertão nordestino. No segundo quadrinho, Graúna responde que a esperança está à frente deles. Eles correm, como se observa nos traços do desenho dos pés de Zeferino, para tentar vê-la. No terceiro quadrinho, Graúna indica com exatidão a esperança por meio da palavra “taí” (registro informal de “está aí”). Os personagens olham surpresos então para a duplicação das próprias imagens. No quarto quadrinho, novamente as imagens dos personagens aparecem duplicadas, e a fala de Bode Orelana confirma que eles enxergam a si mesmos como sendo a esperança vista por Graúna. O recurso não verbal de duplicação dos personagens promove
um espelhamento que permite que cada um se veja como a esperança que se procura, reforçando a fala do personagem. No quinto quadrinho, os personagens estabelecem uma interlocução com o possível leitor, por meio da qual indagam se esse ponto de vista expresso na sequência de quadrinhos teria sido compreendido.
Resp.: C

VEJA TAMBÉM:
Questão resolvida sobre interpretação de quadrinho, da Fatec 2019

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.