Questão comentada sobre Hipócrates, da FAI

(FAI/2015) O médico grego Hipócrates (460-377 a.C.) foi o primeiro a olhar para um homem tendo um ataque epiléptico – doença que faz com que as pessoas caiam ao solo, comportando-se como se já não mais tivessem o controle de seu corpo – e dizer: “Não há nenhum deus aí dentro; é um fenômeno do corpo desse indivíduo”.
(Flávio de Campos e Renan Garcia Miranda. Oficina de História, 2000. Adaptado.)

A partir do olhar de Hipócrates, pode-se considerar que, na Grécia Antiga,
A) expandiu-se o juízo de que os homens eram reféns das forças morais.
B) instituiu-se uma crença na superioridade da realidade espiritual sobre a material.
C) alargou-se a concepção de que o poder dos deuses impede a ação humana.
D) desenvolveu-se o racionalismo, negando a explicação fundamentada na religião.
E) ampliou-se o respeito dos gregos à igualdade social entre todos os homens.

RESOLUÇÃO:
A questão envolve basicamente uma interpretação do fragmento citado. Ao expressar “Não há nenhum deus aí dentro; é um fenômeno do corpo desse indivíduo“, Hipócrates privilegia a razão como forma explicativa do fenômeno que ocorre com o homem, caracterizando o racionalismo.
Resp.: D

VEJA TAMBÉM:
Questão comentada sobre filosofia de Descartes e Bacon, do Enem

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.