Auxílio Inclusão será pago aso cidadãos incluídos no BPC, que ingressarem no mercado de trabalho

O auxílio inclusão será pago aos cidadãos incluídos no BPC, que ingressarem no mercado de trabalho, cujo benefício foi sancionado no dia 22 de junho, e entrará em vigor no mês de outubro de 2021 com valor de R$ 550.

Auxílio Inclusão

O auxílio inclusão de R$ 550 será pago aos beneficiários do BPC que conseguirem emprego com carteira assinada. Nesse cenário, os beneficiários serão retirados do Benefício de Prestação Continuada e passarão a receber o auxílio.

O intuito desse novo benefício será incentivar os beneficiários a ingressarem no mercado de trabalho. Com tal inciativa, o governo acredita que o número de beneficiários do BPC venha a diminuir.

De acordo com o governo, as vagas de trabalho destinadas às pessoas com deficiência não são preenchidas. A causa é a falta de motivação e/ou a escolha de permanecer recebendo o BPC. Porém, muitos beneficiários escolhem atuar em empregos informais.

Valor do Auxílio inclusão

De acordo com a legislação, o novo auxílio define o pagamento de meio salário mínimo. Sendo assim, como o benefício começará a ser pago em 2021 e o atual piso nacional é de R$ 1.100, por isso o valor do Auxílio inclusão será de R$ 550.

Além de exigir ser beneficiário do BPC também é preciso que o trabalhador ganhe até dois salários mínimos.

Quem terá direito ao Auxílio Inclusão?

Em 2021 só terá direito ao Auxílio inclusão os beneficiários do BPC que ingressarem no mercado de trabalho e que receberem até R$ 2,2 mil. Dessa maneira, quem receber acima desse valor não será contemplado pelo novo benefício.

De acordo com a legislação, o novo auxílio não será cumulativo com aposentadoria, pensão, benefício por incapacidade ou seguro-desemprego. Dessa maneira, o benefício irá atender um grupo específico beneficiado pelo BPC que tem condições de realizar alguma atividade remunerada.

De acordo com o governo, é esperado que o auxílio contemple 76 mil pessoas até junho de 2022. Com a iniciativa, o governo terá um custo de R$ 18 milhões em 2021 e de R$ 396,2 milhões no próximo ano.

BPC

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é um pagamento destinado aos idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência incapacitados de trabalhar. A ajuda financeira é destinada ainda para as pessoas em situação de vulnerabilidade social.

O BPC é pago para quem tem uma renda per capita mensal de até 25% do salário mínimo. Os beneficiários recebem um salário mínimo mensalmente, porém, não tem direito ao 13º salário e pensão por morte. Não é necessário ser contribuinte da Previdência Social.

Além da idade ou deficiência e a situação de vulnerabilidade social também é preciso estar inscrito no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Regras Auxílio Inclusão

  • O Auxílio inclusão será pago para os cidadãos incluídos no BPC que ingressarem no mercado de trabalho;
  • O benefício foi sancionado no dia 22 e entrará em vigor no mês de outubro de 2021 com valor de R$ 550;
  • Nesse cenário, esses serão retirados do Benefício de Prestação Continuada e passarão a receber o auxílio.

Documentos para solicitar o BPC

De acordo com as regras estão abaixo os documentos:

  • Inscrição no CadÚnico;
  • Comprovantes de gastos do grupo familiar;
  • Documento de Identificação e CPF do requerente e de todos os membros da família;
  • Para jovens e crianças menores de 18 anos que não são filhos é preciso apresentar o Termo de Tutela;
  • Para adolescentes com deficiência em cumprimento de medida socioeducativa será exigido o documento comprobatório do regime de meio aberto.
  • Comprovante de Renda de todos os membros familiar;
  • Requerimento do BPC e Composição do Grupo Familiar (disponível no site do INSS);
  • Declaração de Renda do Grupo Familiar (disponível no site do INSS e que deve ser preenchida pelo servidor do INSS no momento do atendimento);
    Comprovante de deficiência (caso seja a situação. Pode ser usado exames médicos, atestados, comprovantes ou recibos dos gastos com tratamento médico ou medicamentos).

Como solicitar o BPC?

O benefício pode ser solicitado de forma presencial nas agências do INSS ou de forma remota por meio da Central 135 ou pelo site e aplicativo Meu INSS. Após acessar a plataforma, basta seguir o passo a passo abaixo:

    • Clicar em “Agendamentos/Solicitações”;
    • Selecionar “Benefícios Assistenciais”;
    • Clicar em “Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência”;
    • Selecionar a opção “Atendimento à distância”;
    • Enviar os documentos solicitados pelo app.

Está precisando um Cartão de Crédito?

Cartão de Crédito Santander SX

Você sabia que o Santander oferece cartão de crédito sem anuidade? Para conseguir o benefício é preciso gastar R$ 100 em compras ou cadastrar CPF e celular como chaves Pix no Santander. Veja mais benefícios do cartão de crédito Santander SX:
  • Cartão Online: faça compras na internet antes do seu cartão físico chegar
  • Santander Pass: seu cartão em forma de pulseira, tag para relógio e adesivo.
  • Aproximou, pagou.
  • App Way: acompanhe seus gastos em tempo real e controle seu limite de onde estiver.
  • Descontos em diversos parceiros Esfera.
  • Vai de Visa: tenha acesso a ofertas especiais em lojas e restaurantes.
  • Saque de dinheiro no crédito: faça saques na função crédito e pague só quando chegar a fatura.
  • Parcelamento de fatura em até 24x: tenha mais flexibilidade para pagar a fatura do seu cartão.
Veja mais informações sobre o cartão de crédito Santander SX
0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.