Inep admite erros nas notas do Enem 2019

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, informou na manhã deste sábado, 18 de janeiro, que notas do Enem 2019 foram divulgadas com erros. O anúncio foi feito após participantes começarem a relatar nas redes sociais estranhamento com as notas. A divulgação das notas individuais do Enem 2019 ocorrem nesta sexta-feira, 17 de janeiro.

Weintraub publicou vídeo na manhã deste sábado nas redes sociais em que assume a falha.  “Encontramos inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem”, disse.

O ministro disse que o impacto em número de candidatos foi pequeno, mas não detalhou a dimensão do problema. Quase 4 milhões de pessoas participaram do exame.

Mais tarde, o presidente do Inep, Alexandre Lopes, disse que quatro casos de erros foram confirmados e as falhas podem chegar a 1% dos candidatos, ou seja, cerca de 39 mil pessoas.

Entretanto, o órgão admite que só terá dimensão real do problema na própria segunda, porque as equipes vão continuar a analisar os arquivos em busca de problema. Lopes concedeu entrevista sozinho, sem a presença do ministro, apesar de Weintraub ter estado no Inep na manhã de sábado para gravar o vídeo publicado.

Minha nota está errada, o que fazer?

O Inep disponibilizou e-mail exclusivo para os participantes que acreditam haver inconsistência em suas notas do Enem 2019. Cada caso será analisado individualmente até segunda-feira, dia 20. Os candidatos devem enviar email para enem2019@inep.gov.br.

Erro na correção

O erro aconteceu na identificação dos candidatos e da respectiva cor de sua prova. Todos os candidatos fazem a mesma prova, mas há versões diferentes, com itens em ordem diversa, identificadas por cores. Assim, o candidato fez a prova de uma cor, mas o sistema a corrigiu como se ele tivesse feito de outra.

A falha ocorreu na gráfica que imprimiu as provas, segundo o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Em março do ano passado, a gráfica que imprimia o Enem desde 2009, a RR Donnelley, faliu. O governo preferiu contratar a segunda colocada na última licitação ao invés de fazer novo certame. A gráfica Valid foi então contratada para o serviço, mesmo sem ter experiência em serviços parecidos com o Enem.

Funcionários do Enem relataram ao longo do ano os riscos de haver problemas com a gráfica, o que foi minimizado pelo governo.

“Houve inconsistência no gabarito de algumas provas do Enem 2019 e, por isso, candidatos foram surpreendidos com os resultados de suas notas”, escreveu o ministro, na publicação do vídeo. Ele prometeu corrigir as falhas até segunda-feira.

Weintraub havia comemorado em diversas ocasiões que a última edição do exame, a primeira sob o governo de Jair Bolsonaro, havia sido a melhor de todos os tempos por falhas não terem sido registradas.  

No entanto, uma imagem da prova havia vazado horas enquanto os candidatos ainda faziam a prova. Apesar da falha de segurança, o ministro afirmou na época que a divulgação da imagem não prejudicou o andamento do exame.

Enem 2019

No primeiro dia de provas do Enem 2019 os candidatos fizeram questões das provas de Linguagens e Códigos, Ciências Humanas e elaboraram a Redação. No segundo dia, foi a vez de provas de Ciências da Natureza e de Matemática.

No total, houve 5,1 milhões de inscritos no Enem 2019, mas 23% faltaram no primeiro dia de provas e 27%, no segundo. Esta foi a edição com menor índice de ausentes da história.

Com a nota do Enem, os estudantes podem buscar vagas tanto no ensino superior público quanto privado no Brasil. A nota pode ser usada no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), no Programa Universidade Para Todos (ProUni), no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e também no ingresso direto nas instituições. Além disso, a nota do Enem também já pode ser usada em universidades no exterior. Em Portugal, por exemplo, quarenta e sete universidades aceitam a nota do Enem no processo seletivo de alunos.

Como o Enem é elaborado com a chamada TRI (Teoria da Resposta ao Item), as notas de cada área do exame não refletem apenas a quantidade de itens certos. O desempenho do participante depende também de quais questões foram assinaladas corretamente.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.