Enem 2020: Quando solicitar o uso do nome social?

As inscrições para o  Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 estão abertas desde as 10h desta segunda-feira, 11 de maio.

Em 2020, o Enem se integra ao portal de acesso único aos serviços digitais do Governo Federal.

Nome Social

Os pedidos de tratamento por nome social serão feitos no período de 25 a 29 de maio pelo mesmo sistema, com previsão de divulgação dos resultados em 5 de junho. O período para apresentação de recursos será entre 8 e 12 de junho, e a disponibilização dos resultados finais, em 18 de junho.

Enem Digital e inserção da foto no momento da inscrição

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) inova ao implantar o Enem Digital em aplicação-piloto para mais de 100 mil inscritos. Pela primeira vez, todos os participantes devem anexar sua foto para concluir a inscrição. Além disso, na edição impressa, será disponibilizado um novo recurso acessível para participantes com deficiência visual.

Isenção da taxa

Para quem solicitou isenção da taxa de inscrição, o acesso ao sistema do Enem é realizado com usuário e senha únicos criados no portal gov.br, que dá acesso a todos os serviços digitais do portal do Governo Federal. O candidato deverá memorizar a senha ou anotá-la em local seguro, porque é com ela que o participante vai acompanhar todas as etapas do Enem, incluindo a consulta das notas em 2021.

O candidato que não solicitou a isenção fará a inscrição normalmente e só depois deverá fazer seu cadastro no portal gov.br para acessar a Página do Participante e acompanhar a confirmação de sua inscrição e de suas solicitações.

De acordo com o MEC, devido às medidas de restrição social, decretadas em razão da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), o Ministério da Educação e o Inep irão garantir, no ato de inscrição, a gratuidade para todos os participantes que preencham os requisitos descritos no edital, mesmo sem o pedido formal de isenção. Os isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de provas e não justificaram a ausência também têm o benefício assegurado. Para quem não se enquadra em um dos perfis para a isenção, o valor da taxa de inscrição permaneceu o mesmo da edição de 2019: R$ 85, que deverá ser pago até 28 de maio, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU).

Inserção da Fotografia no momento da inscrição

Todos os participantes deverão anexar uma foto no sistema para concluir a inscrição. Ela facilitará a identificação e aumentar a segurança durante as etapas do exame. A foto deve ser atual, individual, colorida e precisa mostrar bem o rosto do participante, com foco, em fundo branco que enquadre desde a cabeça até os ombros, sem o uso de óculos escuros e artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares). O formato do arquivo pode ser JPG, JPEG ou PNG, com tamanho máximo de 2 MB. Imagens em formato PDF não serão aceitas pelo sistema.

Acessibilidade

Os participantes com cegueira, surdocegueira, baixa visão e visão monocular terão mais um recurso à disposição. O leitor de tela é um aplicativo que possibilita a leitura de textos no computador, ao converter, por meio de voz sintetizada, tudo o que aparece escrito no monitor. O software disponibilizado será o NVDA, e o sistema, o Dosvox. Os atendimentos especializados são garantidos pela Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep aos participantes que solicitarem os recursos na inscrição. Para facilitar a compreensão, os atendimentos específicos (gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar) foram incluídos na denominação “especializado”. As solicitações para esses atendimentos deverão ser feitas no mesmo período da inscrição, entre 11 e 22 de maio, na Página do Participante.

Enem Digital

O Inep irá garantir a oportunidade de fazer o exame em versão digital para os 101 mil participantes que se inscreverem primeiro. A modalidade é ofertada em todos os estados e no Distrito Federal, nos municípios definidos no Anexo I do edital, com número respectivo de vagas.

Quem pode se inscrever no Enem Digital?

Apenas os alunos concluintes ou que já terminaram o ensino médio e não precisam de recurso de acessibilidade poderão se inscrever para fazer as provas. Os computadores para o exame serão disponibilizados nos locais de aplicação, e não será possível utilizar equipamento pessoal.

Nesta edição, o Enem Digital não vai ofertar recursos de acessibilidade, que serão assegurados no Enem impresso (prova em papel).

Estrutura do Enem

A estrutura do exame permanece com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

O Enem impresso será aplicado nos dias 1º e 8 de novembro, e a versão digital, nos dias 22 e 29 de novembro.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.