Veja quem já vai receber a Restituição do Imposto de Renda

Na última terça-feira, dia 23 de junho, a Receita Federal liberou a consulta ao segundo lote da restituição do Imposto de Renda 2020. O pagamento do 2º lote vai ser feito no próximo dia 30 de junho, de acordo com a conta bancária que foi indicada pelo próprio contribuinte quando ele fez a sua respectiva declaração de imposto de renda neste ano.

O total de contribuintes que estão incluídos no segundo lote de restituição é de 3.306.644. O total de pagamentos que serão realizados pela Receita Federal para esse 2º lote é de 5,7 bilhões de reais. Esse é um valor recorde que já foi pago pela Receita para um lote de restituição do Imposto de Renda em toda a sua história.

Vale lembrar que o prazo de entrega da declaração do imposto de renda neste ano de 2020 foi estendido, em comparação com os prazos de entrega dos anos anteriores. O maior prazo para a entrega da declaração foi concedido pela Receita Federal em função da atual pandemia do novo coronavírus pela qual o país passa, situação que acabou por flexibilizar muitas datas que anteriormente estavam marcadas para a entrega de documentos de diversos tipos. Dentre eles, a declaração de Imposto de Renda 2020.

Por isso, a Receita Federal tem liberado a restituição do imposto de renda 2020 ao mesmo tempo em que continua recebendo as declarações dos seus contribuintes. Afinal, o prazo final para entregar a declaração do imposto de renda neste ano vai até a próxima terça-feira, dia 30 de junho. Ou seja, o mesmo dia em que o pagamento do segundo lote de restituição vai ser realizado.

IR 2020: Como saber se a sua restituição já foi liberada

Para saber se a sua declaração do Imposto de Renda 2020 já foi liberada, o contribuinte deve acessar o site oficial da Receita Federal na Internet.

Além disso, o contribuinte também pode consultar a restituição pelo aplicativo Pessoa Física. Esse aplicativo está disponível para ser baixado tanto no sistema Android quanto no sistema iOS.

O valor da restituição do Imposto de Renda para este segundo lote não vai receber nenhuma correção. Isso porque a Receita Federal decidiu que só serão corrigidos pela taxa Selic aquelas restituições do IR que forem pagas a partir do mês de julho de 2020. Ou seja, apenas a partir do terceiro lote, uma vez que este vai ser pago no dia 31 de julho. Lembrando que a taxa Selic corresponde a taxa básica de juros que é praticada no mercado financeiro.

No caso do contribuinte que tem direito a receber a restituição do imposto e está incluído neste segundo lote, mas o valor não tiver sido creditado na sua conta no dia 30, ele pode se dirigir pessoalmente até uma agência do Banco do Brasil mais próxima e relatar a sua situação para o banco.

Considerando que o momento atual é de pandemia e que, portanto, ir pessoalmente até uma agência do BB pode não ser uma recomendação muito saudável para ser seguida, o contribuinte pode considerar os canais de atendimento do Banco do Brasil pelo telefone.

Os números de telefone para atendimento do Banco do Brasil a que o contribuinte do IR 2020 pode recorrer são os seguintes:

• Para as capitais: 4004 – 0001
• Para as demais localidades do país: 0800 729 0001
• Para os deficientes auditivos, há um canal de atendimento especial exclusivo: 0800 729 0088

O Banco do Brasil só deve ser contatado para resolver esse tipo de problema se o contribuinte fazer parte do 2º lote de restituição e, ainda assim, não tiver recebido os valores referentes ao imposto de renda na conta informada em sua declaração. Os demais contribuintes devem aguardar o pagamento dos próximos lotes de restituição por parte da Receita Federal.

Imposto de Renda 2020 – Restituição vai começar mais cedo nesse ano

Enquanto o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2020 foi aumentado, o prazo de pagamento da restituição da Receita Federal teve o efeito inverso. Ou seja, foi diminuído.

Neste ano de 2020, o começo da restituição do imposto foi antecipado. Uma redução também aconteceu na quantidade de lotes de contribuintes para a restituição.

Anteriormente, eram sete lotes de restituição a cada ano. Agora, serão apenas cinco lotes. Ao menos, nesse ano. Essa decisão significa que as pessoas que tem direito a receber a restituição poderão receber o dinheiro de forma mais rápida. A mudança não deixa de ser uma boa notícia para os trabalhadores que declaram o imposto e que tiveram a sua renda mensal diminuída em razão da epidemia no Brasil.

0 comments… add one

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.