Pará oferece mais de 8 mil vagas em escolas tecnológicas

O estado do Pará está ofertando 8.400 vagas em cursos técnicos, nas modalidades SUBSEQUENTE (3.780 vagas) e INTEGRADO e PROEJA (4.620 vagas).

TÉCNICO SUBSEQUENTE:

Para esta modalidade há vagas nos municípios de Ananindeua, Belém, Benevides, Marituba, Bragança, Cametá, Tailândia, Santarém, Monte Alegra, Oriximiná, Castanhal, Curuçá, Santa Izabel do Pará, Vigia de Nazaré, Itaituba, Paragominas e Salvaterra.
Há uma grande diversidade de cursos ofertados nesta modalidade, tais como: Meio Ambiente, Informática, Alimentação Escolar, Segurança do Trabalho, Enfermagem, Agroindústria, Alimentos, Guia em Turismo, Rede de Computadores, Zootecnia, Artes Visuais, Canto, Dança, Teatro, Cozinha, Instrumento Musical, Secretaria Escolar, Administração, Agropecuária, Agenciamento de Viagem, Eventos, Logística, Biblioteconomia, Cuidados de Idosos, Nutrição e Dietética, Podologia, Vigilância em Saúde….

Forma de ingresso:  Para 60% das vagas por turma, a seleção será feita com base na nota do Enem,  referente a um dos anos entre 2017, 2018 e 2019. Em 35% das vagas serão ofertadas para candidatos que não realizaram o Enem, e 5% entre as cotas de candidatos que se declararam Pessoas com Deficiência (PcD).

O prazo para as inscrições termina nesta segunda-feira, 20 de janeiro. Os interessados devem se inscrever através do endereço eletrônico http://www.seduc.pa.gov.br/site/seduc.

TÉCNICO INTEGRADO e PROEJA:

Para se inscrever no Técnico Integrado, o candidato deve ter concluído o ensino fundamental e ter idade abaixo de 17 anos e 11 meses. Há um total de 4.300 vagas para esta modalidade; a duração do curso é de 4 anos.
Para se inscrever no Proeja, o candidato deve ter idade superior a 18 anos e ter concluído o ensino fundamental. Há um total de 360 vagas para essa modalidade.

Para essas modalidades há vagas nas cidades de  Ananindeua, Belém, Benevides, Bragança, Cametá, Tailândia, Santarém, Monte Alegre, Oriximiná, Curuçá, Santa Izabel do Pará, Vigia, Itaituba, Paragominas e Salvaterra.

Entre os cursos oferecidos estão: Técnico em Informática, Administração, Agroindústria, Alimentos, Segurança do Trabalho, Enfermagem, Design de Interiores, Nutrição e Dietética, Meio Ambiente, Logística, Edificações, Eletrônica, Eletrotécnica, Marketing, Secretariado, Eventos, Agroecologia, Agropecuária e outros.

As inscrições para Técnico Integrado e Proeja podem ser feitas até o dia 24 de janeiro, no site da Seduc.

Questão comentada sobre hanseníase, da Uninorte

(Uninorte/2019 – Medicina) Sobre os sintomas e formas de transmissão da hanseníase, é correto afirmar:
A) A hanseníase pode ser transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypty.
B) Pacientes com hanseníase geralmente apresentam febre alta, dores pelo corpo, anemia e fraqueza muscular.
C) O consumo de carnes mal cozidas contaminadas com Mycobacterium leprae pode levar ao desenvolvimento da doença.
D) Os principais sintomas da doença são a presença de manchas brancas ou avermelhadas na pele, e a perda da sensibilidade ao calor, ao frio, a dor e ao toque.
E) A doença é transmitida pelo contato com sangue contaminado, através de transfusões sanguíneas ou de contato sexual.

RESOLUÇÃO:
A hanseníase (outrora denominada de lepra) é uma doença bacteriana, causada pelo Mycobacterium leprae, uma bactéria de formato alongado, tecnicamente chamada de bacilo.
A pessoa contaminada com a doença, expele o bacilo através da tosse, fala ou espirro.
A bactéria afeta a pele e os nervos periféricos; o sintoma característico da doença é a ocorrência de manchas indolores na pele.
Resp.:  D

VEJA TAMBÉM:
Questão comentada sobre doença infecciosa, da Unirv
Questão comentada sobre doenças veiculadas pela água, da Unesp
Questão comentada sobre bactérias, do Albert Einstein 2017